Política

Japão transmite preocupação sobre sequestrados para embaixador da Argélia

O Governo do Japão convocou nesta sexta-feira o embaixador da Argélia em Tóquio.

Do Mundo-Nipo com agência EFE

O Governo do Japão convocou nesta sexta-feira o embaixador da Argélia em Tóquio para transmitir sua preocupação com os sequestrados, entre os quais figuram agora 14 japoneses após confirmar que três japoneses – um deles com ferimentos leves- se encontram a salvo.

A empresa japonesa “JGC” – que tinha 78 empregados no campo, incluindos os 17 japoneses – confirmou por enquanto que seis de seus empregados estão a salvo: dois filipinos e um romeno, além dos três japoneses, segundo a televisão pública “NHK”.

Os três japoneses conseguiram telefonar e confirmar que se encontravam bem, sem poder dar mais informações sobre a situação do resto de seus companheiros.

O primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, que se encontrava em uma viagem pelo Sudeste Asiático, decidiu encurtar seu compromisso e retornar na primeira hora de amanhã para Tóquio.

Alguns meios de imprensa apontaram que entre os falecidos durante a operação militar argelina havia dois japoneses, mas por enquanto nem o Governo japonês e nem a empresa JGC ofereceram informações sobre este fato.

 

 

saiba mais


Japão e Indonésia condenam sequestro de reféns na Argélia


Statoil anuncia resgate de funcionário durante a madrugada


Exército da Argélia finaliza operação de resgate em campo de gás


Japão insta Argélia a sessar operação militar


 

 

Agência EFE – Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem a autorização prévia por escrito da Agência EFE S/A.

Comentários

Deixe de comentário

*