Política

Três navios da China invadem águas territoriais japonesas

A invasão levou o Japão a apresentar um “forte protesto” contra o governo chinês.

Do Mundo-Nipo

Três navios de vigilância marítima da China navegaram em águas territoriais japonesas, em torno das Ilhas Senkaku, no Mar da China Oriental, nesta segunda-feira. A invasão levou o Japão a apresentar um “forte protesto” contra o governo chinês, conforme informações da agência Kyodo.

 

Guarda Costeira do Japão (Foto: Pokoroto / Flickr)

Guarda Costeira do Japão (Foto: Pokoroto / Flickr)

 

 

Durante cinco horas, três embarcações marítimas chinesas – Haijian 46, Haijian 50 e Haijian 66 – navegaram nas águas próximas as ilhas sob disputa. A Guarda Costeira japonesa avistou os navios a partir das 08h55.

Os navios deixaram a área às 14h00, continuando por mais uma hora na zona contígua – fora do território japonês.

As Ilhas Senkaku, conhecidas na China como Diaoyu, são administradas por Tóquio e reivindicadas por Pequim.

As tensões têm aumentado na região desde que o governo chinês comprou as ilhas de um proprietário privado, em setembro do ano passado.

Na semana passada, o premiê japonês manifestou sua vontade de aprovar o direito de reação em legítima defesa das Forças de Auto Defesa do país, apesar da constituição pacifista do Japão não permitir, após um navio chinês ter apontado um radar, usado para guiar mísseis, contra um destróier japonês.

 

 

saiba mais


Premiê do Japão está ansioso para rever Constituição do país


Navio chinês é visto em zona contígua perto de ilhas disputadas com Japão


Quatro navios chineses são avistados perto de ilhas Senkaku


Japão considera revelar evidências sobre radar usado por navio chinês


Premiê japonês começa a discutir direito de legítima defesa do exército


China contesta consideração do Japão sobre incidente com radar


 

Para saber mais sobre Política, clique em mundo-nipo.com/politica. Siga também o Mundo-Nipo no Twitter e Facebook.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários

Deixe de comentário

*