Política

Japão “nunca irá tolerar” desenvolvimento de campos de gás da China

A China pretende desenvolver sete novos campos de gás no Mar da China Oriental.

Do Mundo-Nipo

Yoshihide Suga, Secretário Geral do Gabinete do Japão (Foto: AFLO)

Yoshihide Suga, Secretário Geral do Gabinete do Japão (Foto: AFLO)

O Japão não vai aceitar o desenvolvimento unilateral da China de campos de gás no Mar da China Oriental, informou o porta-voz do governo japonês nesta quinta-feira.

A declaração japonesa acontece após a divulgação de que empresas de petróleo estatais chinesas pretendem desenvolver sete novos campos de gás no mar, onde ocorre a disputa territorial entre Japão e China pelas Ilhas Senkaku. Dois dos sete locais estão perto da linha que divide o Mar da China Oriental a meio caminho entre os dois países.

“Nós nunca aceitaremos o desenvolvimento dos campos de gás de forma unilateral”, disse o chefe de Gabinete Yoshihide Suga, em conferência de imprensa, acrescentando que o governo ainda está reunindo informações para confirmar se o que a imprensa divulgou é verdade.

Suga disse que o Japão e a China ainda têm de chegar a um acordo sobre a demarcação das fronteiras no Mar da China Oriental, mas que os dois países concordaram em trabalhar juntos para fazer do local um “mar de paz, cooperação e amizade”.

Os governo chinês e japonês disputam as Ilhas Senkaku, conhecidas na China como Diaoyu, que são controladas por Tóquio e reivindicadas por Pequim.

As tensões têm aumentado desde o ano passado, quando o governo japonês adquiriu as ilhas de um proprietário privado japonês. Navios da marinha chinesa invadem com frequência as águas perto das ilhas.

As informações são da agência Kyodo.

 

Para saber mais sobre Política, clique em mundo-nipo.com/politica. Siga também o Mundo-Nipo no Twitter e Facebook.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários

Deixe uma resposta