Política

Últimos reféns morrem em tentativa de resgate, diz jornal argelino

Os reféns foram mortos pelos terroristas, que por sua vez foram abatidos pelos membros das forças de segurança que entraram no local.

Da agência EFE

Argel, 19 jan (EFE).- O jornal argelino “El Watan” informou neste sábado que a operação militar para resgatar os últimos trabalhadores de um campo de gás mantidos reféns dentro do complexo, localizado no sudeste da Argélia, terminou com a morte das sete pessoas que ainda estavam em poder dos sequestradores.

Segundo o jornal, que citou fontes oficiais, os reféns foram mortos pelos terroristas, que por sua vez foram abatidos pelos membros das forças de segurança que entraram no local.

De acordo com o relato, os terroristas perderam qualquer esperança de sair do local com os sete reféns e começaram a matá-los, o que levou as forças especiais do exército a intervir.

A mesma fonte afirmou que os terroristas tinham decidido se suicidar coletivamente e que na quarta-feira já tinham tentado incendiar parte das instalações, mas os operários do complexo conseguiram controlar o fogo.

Até o momento, não há nenhuma declaração oficial a respeito, e o último balanço oficial de resgatados e vítimas não sofreu variações desde ontem. EFE

 

 

saiba mais


Sequestradores ameaçam explodir campo de gás se exército tentar resgate


Japão e Indonésia condenam sequestro de reféns na Argélia


Statoil anuncia resgate de funcionário durante a madrugada


Exército da Argélia finaliza operação de resgate em campo de gás


Japão insta Argélia a sessar operação militar


 

 

Agência EFE – Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem a autorização prévia por escrito da Agência EFE S/A.

Comentários

Deixe de comentário

*