Política

Premiê do Japão diz que China usa sentimento anti-japonês para controle social

Abe disse que o currículo escolar nacionalista da China enfatiza o sentimento anti-japonês.

Do Mundo-Nipo

Shinzo Abe em conferência (Foto: Kantei)

Premiê japonês Shinzo Abe (Foto: Kantei)be

O primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, disse em uma entrevista ao The Whashington Post, que o currículo escolar nacionalista da China enfatiza o sentimento anti-japonês, sendo usado para controle social, conforme informou nesta quinta-feira  a agência Kyodo.

O jornal norte-americano divulgou hoje uma entrevista realizada no sábado com Abe, quando o mesmo afirmou que a política de educação de patriotismo “está em vigor com foco no sentimento anti-japonês,  minando as relações sino-japonesas e afetando negativamente o próprio crescimento econômico da China”.

“Sem crescimento econômico , eles não serão capazes de controlar 1,3 bilhão de pessoas na China sob o governo do Partido Comunista”, disse ele, de acordo com a transcrição da entrevista.

Antes de embarcar para Washington, onde se reunirá com o presidente Barack Obama, Abe declarou que os conflitos com o Japão e países vizinhos asiáticos são consequência das exigências radicais da China, afirmando que impedirá o país de invadir o território alheio. Declarações que irritaram Pequim.

O porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China, Hong Lei, pediu mais tarde que o premiê japonês esclareça seus comentários.

 

Para saber mais sobre Política, clique em mundo-nipo.com/politica. Siga também o Mundo-Nipo no Twitter e Facebook.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários

Deixe de comentário

*