Política

Coreia do Norte sugere relutância em promover desnuclearização

A Coreia do Norte indica a falta de garantias de segurança na Península Coreana e no nordeste da Ásia.

Do Mundo-Nipo

A Coreia do Norte sugeriu nesta sexta-feira relutância em abandonar seu arsenal nuclear, citando “faltas de garantias na Península Coreana e nordeste da Ásia”, conforme divulgou a agência chinesa de notícias Xinhua.

Em uma reunião em Pequim com o general Fan Changlong, vice-presidente da Comissão Militar Central da China, Choe Ryong Hae, um oficial militar de alto escalão norte-coreano – que está visitando a capital chinesa como um enviado especial do líder norte-coreano Kim Jong Un  – destacou a situação complicada e a falta de garantias de segurança na Península Coreana e no nordeste da Ásia, informou a Xinhua.

Fan teria dito ao vice-marechal Choe que espera que a Coreia do Norte e outras potências regionais continuem “aderindo ao objetivo de desnuclearização da Península Coreana”.

 

Para saber mais sobre Política, clique em mundo-nipo.com/politica. Siga também o Mundo-Nipo no Twitter e Facebook.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários

Deixe de comentário

*