Política

Ativista diz que obstrução da China sobre sua viajem ao Japão é inevitável

Apesar da manifestação do ativista, nenhuma data para viajem ao Japão foi divulgada.

Do Mundo-Nipo

O ativista chinês dos direitos humanos, Chen Guangcheng, disse nesta segunda-feira que espera que a China não interfira na sua planejada viajem ao Japão.

“Não há dúvida de que um regime autoritário exerce pressão, mas o tempo que vai demorar é difícil prever”, disse Chen durante sua visita a Taiwan.

“O princípio básico de um ditador é que ele não tem nenhum princípio em tudo, mas eles devem perceber que não podem bloquear a tendência da democracia”, completou Chen.

Apesar da manifestação do ativista, nenhuma data para viajem ao Japão foi divulgada.

O ativista cego vive nos Estados Unidos desde o ano passado, depois de conquistar a autorização do governo chinês. Ele passou cerca de 18 meses em prisão domiciliar na China por denunciar abortos forçados no país.

As informações são da agência Kyodo.

 

Para saber mais sobre Política, clique em mundo-nipo.com/politica. Siga também o Mundo-Nipo no Twitter e Facebook.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários

Deixe de comentário

*