Política

Shinzo Abe propõe reativar usinas nucleares para impulsionar reconstrução do Japão

Abe condicionou a reativação das usinas nucleares à sua confiabilidade.

Do Mundo-Nipo

Shinzo Abe, novo primeiro-ministro do Japão em entrevista (Foto: Aflo Images)

Shinzo Abe, primeiro-ministro do Japão (Foto: Aflo Images)

O primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, propôs reativar os reatores nucleares no Japão para impulsionar a reconstrução das zonas devastadas pelo terremoto e tsunami de 2011, indicando que tomará a decisão após garantir a segurança das centrais nucleares.

“A reconstrução será dura sem uma fonte barata e estável de energia”, afirmou Abe durante a sua visita no domingo (24) à província de Fukushima, onde está localizada a central de Daiichi, epicentro da crise nuclear, informou hoje o jornal Nikkei.

O Japão, que mantém ativos apenas dois dos mais de 50 reatores nucleares, aumentou substancialmente a importação de hidrocarbonetos para poder alimentar as centrais de energia e garantir o abastecimento de energia elétrica, após o encerramento das usinas nucleares, que antes do acidente eram responsáveis por cerca de 30 % da produção energética total do país.

Entretanto, Abe condicionou a reativação das usinas nucleares à sua confiabilidade. O primeiro-ministro da terceira economia do mundo disse também que espera tomar ‘uma decisão global’ com base em todas as condições. A ideia de Abe é “dissipar os rumores prejudiciais” sobre a situação do país após o acidente nuclear em Fukushima, o pior desde Chernobyl em 1986, e assim, reduzir a enorme despesa das importações de energia a base de hidrocarbonetos.

 

Para saber mais sobre Política, clique em mundo-nipo.com/politica. Siga também o Mundo-Nipo no Twitter e Facebook.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários