Política

Ativista Chen Guangcheng fala sobre direitos humanos no Parlamento de Taiwan

Chen, que chegou a Taiwan no domingo, criticou registro de direitos humanos na China.

Do Mundo-Nipo

Ativista chinês Chen Guangcheng (Foto: Kyodo)

Ativista chinês Chen Guangcheng (Foto: Kyodo)

O ativista chinês Chen Guangcheng  disse nesta terça-feira no Parlamento de Taiwan que os direitos humanos são a base para a paz, não só no Estreito de Taiwan, mas também na Ásia e em todo o mundo.

Chen, que chegou a Taiwan no domingo, criticou registro de direitos humanos na China, em um discurso no Parlamento taiwanês.

O ativista cego e crítico do aborto forçado na China, escapou da prisão domiciliar na província de Shandong, em abril do ano passado. Ele foi viver nos Estados Unidos depois de procurar refúgio na embaixada os EUA em Pequim.

Nesta terça-feira, ele se tornou o primeiro ativista chinês de direitos humanos a enfrentar o legislativo de Taiwan.

“O respeito pelos direitos humanos e a liberdade civil contribui para a estabilidade e avanço de um país, mantendo a ordem de uma sociedade e protegendo os interesses dos indivíduos”, disse Chen, conforme divulgou a agência Kyodo.

Ele também disse que o anuncio do Partido Comunista Chinês de que a democracia não se adéqua a sociedade chinesa é uma desculpa para se manter no poder.

Chen disse que a corrupção e a perseguição são desenfreados sob a ditadura da China. Ele pediu uma mudança rápida para um sistema que atribui grande importância aos direitos humanos.

Durante uma sessão de perguntas e respostas após seu discurso, Chen foi questionado sobre denunciar os Estados Unidos por infringir os direitos e a privacidade de seu próprio povo, visando infra-estrutura civil.

Em resposta, Chen disse que qualquer país ou governo, incluindo os Estados Unidos, ignorando o devido processo da lei e avançando sobre os direitos civis de seu povo, merece condenação.

Descrevendo sua visita a Taiwan como uma “jornada de aprendizagem”, Chen disse que está em Taiwan para compreender seu sistema democrático, observar a regra de lei e da experiência de liberdade de expressão e liberdade de imprensa.

 

Para saber mais sobre Política, clique em mundo-nipo.com/politica. Siga também o Mundo-Nipo no Twitter e Facebook.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários

Deixe de comentário

*