Política

Partido governista do Japão pune membros por críticas à imprensa

A punição foi imposta a alguns dos membros mais jovens do PLD, que sugeriram medidas para reprimir a imprensa no país.

Do Mundo-Nipo

O Partido Liberal-Democrata (PLD), principal partido da coalizão governante do Japão, puniu alguns de seus legisladores mais jovens, em resposta a críticas contra uma reunião de estudos em que os participantes sugeriram medidas para reprimir a imprensa, informou neste domingo (28) a NHK News.

Na noite de sábado (27), o secretário-geral do PLD, Sadakazu Tanigaki, anunciou que o chefe da Divisão Jovem do partido, Minoru Kihara, vai ser removido do posto e proibido de assumir novos cargos por um ano. Outros três membros da Câmara Baixa também foram advertidos por comentários feitos durante a reunião.

O líder do grupo e também membro da Câmara Baixa organizou a reunião para colegas iniciantes na carreira legislativa na quinta-feira. Alguns participantes criticaram certos veículos de imprensa pelo o que eles veem como uma cobertura distorcida.

Alguns teriam afirmado ainda que a melhor maneira de ensinar uma lição para tais veículos seria que eles perdessem a renda proveniente de comerciais. Outros defenderam que a opinião pública em Okinawa está distorcida e deveria ser corrigida.

O secretário-geral do partido afirmou que a decisão foi tomada em vista de que alguns dos comentários parecem ir contra a liberdade de imprensa e expressão. Ainda segundo ele, outros comentários prejudicam severamente a confiança do público no partido, que teria trabalhado pelo povo de Okinawa.

Os partidos de oposição pretendem discutir o assunto em uma comissão especial na Câmara Baixa. O líder do Partido Democrata, Katsuya Okada, disse que “a questão não será resolvida apenas por demitir o diretor da divisão jovem do PLD [Minoru Kihara]”.

Okada disse ainda que “o primeiro-ministro Shinzo Abe não pode fingir que não estava envolvido”, já que alguns de seus assessores participaram da polêmica reunião de estudos, conforme noticiou a NHK.

Assista ao vídeo com a notícia da NHK News.

*Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários