Política

Japão anuncia revisão da interpretação da Constituição

Partidos governistas do Japão concordaram com uma grande revisão…

Do Mundo-Nipo

Partidos governistas do Japão concordaram nesta terça-feira (data local) com uma grande revisão da política de segurança do país, permitindo o exercício do direito da autodefesa coletiva através da reinterpretação da Constituição.

O gabinete do primeiro-ministro Shinzo Abe deverá aprovar as mudanças mais tarde ainda no mesmo dia, apesar das críticas que vem enfrentando sobre a renúncia do artigo 9º da Constituição Pacifista do Japão, que diz que: “Aspirando sinceramente a uma paz internacional baseada na justiça e na ordem, o povo japonês renuncia para sempre à guerra como direito soberano da nação, assim como à ameaça ou ao uso da força como meio para resolver os conflitos internacionais”.

Abe se reunirá com o chefe do partido Novo Komeito, Natsuo Yamaguchi, que foi forçado a suavizar a oposição do partido, antes de uma reunião de gabinete e uma conferência de imprensa à tarde para explicar seus pontos de vista sobre a questão controversa.

(Do Mundo-Nipo com Agência Kyodo)

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários

Deixe um comentário