Guia Cultural

Cinema de Animação Japonesa ganha mostra na CAIXA Cultural Salvador

Mostra de Cinema exibe produções de Hayao Miyazaki, Katsuhiro Otomo e Satoshi Kon, e promove curso e oficina durante a programação – Confira!

Do Mundo-Nipo

A CAIXA Cultural Salvador e a produtora Nuage.art.br apresentam, de 26 a 31 de agosto, a mostra de cinema “O Universo de Miyazaki | Otomo | Kon” com 18 longas-metragens de animação. A mostra, com curadoria de Jansen Raveira e Simone Evan, exibe a cinematografia de Miyazaki e se expande para as obras de Katsuhiro Otomo e Satoshi Kon, cineastas marcados pelo refinamento nas produções e temáticas fora do convencional industrial.

 

Cinema de Animação Japonesa ganha mostra na CAIXA Cultural Salvador (Imagem: Divulgação)

 

A mostra traz para Salvador a oportunidade de assistir a uma cinematografia rica e rara. A programação busca não só apresentar filmes que não alcançaram as telas brasileiras, mas também debater a relevância e a influência da técnica dos mestres japoneses dentro do cinema de animação.

Além da exibição dos filmes, a preços populares, a mostra promoverá um curso sobre a obra de Miyazaki, de 26 a 29, das 16h15 às 18h15, e uma oficina de mangá, de 27 a 29, das 16h15 às 18h15. Ambos terão inscrições gratuitas, a serem realizadas no site “nuage.art.br/mok” de 09 a 19 de agosto.

A oficina de mangá pretende abordar noções de desenho, espacialidade e estilo de narrativa através do desenho impresso. Os alunos produzirão os seus próprios mangás durante as aulas, ao mesmo tempo em que participarão de um estudo estético dos mangás de Hayao Miyazaki, Katsuhiro Otomo e Satoshi Kon.

Já o curso, intitulado O Universo de Hayao Miyazaki, abordará o cinema de Miyazaki e a cultura japonesa. Terá como professores Janete Oliveira e Jansen Raveira, este último um dos curadores da mostra.

A programação da mostra de cinema ainda prevê o debate Miyazaki, Otomo e Kon: Clássicos ou Transgressores?, sábado, dia 30, às 18h. Levando em conta a produção em massa da indústria cultural japonesa, os presentes discutirão se a produção de longas animados em técnicas basicamente artesanais torna esses cineastas clássicos ou transgressores.

A mostra “O Universo de Miyazaki | Otomo | Kon” já aconteceu no Rio de Janeiro e, neste ano de 2014, inicia uma itinerância. O momento coincide com aquele que se acredita ser o anúncio da aposentadoria definitiva de Miyazaki, uma vez que o tão aplaudido cineasta japonês já ameaçou encerrar sua carreira diversas vezes, sempre retornando em seguida com mais um trabalho.

 

Texto dos Curadores – Animação Japonesa

Ao se falar sobre animação japonesa, é quase inevitável chamá-la pelo termo anime (ou anime). Na verdade, no Japão esse termo é usado para fazer referência a qualquer tipo de animação, de qualquer país. Já no ocidente, o anime está relacionado a um estilo fortemente arraigado e de características marcantes, como os populares olhos grandes, a animação econômica e os movimentos expressivos.

Boa parte das características que tornam o anime um gênero de cinema veio da adaptação dessa arte aos prazos curtos e pequenos orçamentos das séries televisivas nipônicas, como a pioneira Astro Boy (1963), de Osamu Tezuka.

Boa parte das características que tornam o anime um gênero de cinema veio da adaptação dessa arte aos prazos curtos e pequenos orçamentos das séries televisivas nipônicas, como a pioneira Astro Boy (1963), de Osamu Tezuka.

Partindo da cinematografia de Hayao Miyazaki e se estendendo pelas obras de Katsuhiro Otomo e de Satoshi Kon, esta mostra reúne 18 longas-metragens marcados pelo refinamento nas produções e pelas temáticas fora do convencional industrial.

Ao criar o Studio Ghibli, em parceria com IsaoTakahata, Hayao Miyazaki tinha a proposta de funcionar como “um vento que varresse a cabeça dos artistas”, e mostrar que outras formas de produção eram possíveis.

Assim, obras produzidas antes e depois da fundação do Studio Ghibli, como Nausicaä do Vale do Vento (1984), abriram caminhos para o surgimento de Akira (1988), o filme fenômeno de Katsuhiro Otomo, e para a breve e bela cinematografia de Satoshi Kon, com o seu onírico Paprika (2006).

“O Universo de Miyazaki | Otomo | Kon” não é apenas uma homenagem a esses três autores. A escolha desses nomes se deve à influência, peso e inspiração inerentes a suas obras. Elas representam a energia de muitos artistas que enfrentaram pressões mercadológicas e sistemas acostumados a fórmulas prontas. Essa mostra é dedicada a todos os cineastas que encontraram na animação a sua forma de se expressar.

Aos que se entregaram à arte de desenhar 24 ilusões por segundo.

 

SERVIÇO

O Universo de Miyazaki | Otomo | Kon
Local: CAIXA Cultural Salvador – Salão Nobre
Endereço: Rua Carlos Gomes, 57, Centro.
Telefone: (71) 3421-4200
Datas: de 26 a 31 de agosto de 2014 (de terça-feira a domingo)
Horários: consultar programação
Classificação indicativa: consultar programação
Lotação: 80 lugares
Ingressos: preços populares
Curso “O Universo de Hayao Miyazaki”: de 26 a 29 de agosto, das 16h15 às 18h15, gratuito Oficina de Mangá: de 27 a 29 de agosto, das14h às 16h, gratuita.
Debate Miyazaki, Otomo e Kon: Clássicos ou Transgressores?: sábado, 30 de agosto, 18h, entrada franca.

Inscrições e programação completa da mostra e as sinopses dos filmes podem ser acessadas nos sites “www.caixa.gov.br/caixacultural” ou “nuage.art.br/mok”.

Acesso para portadores de necessidades especiais.

 


O Mundo-Nipo não assume qualquer responsabilidade pelo material (textos e foto/imagem), que são fornecidos pelo órgão ou entidade representante, e publicados na íntegra pelo Portal Mundo-Nipo.

Comentários