Sociedade

Em mensagem de Ano Novo, Imperador do Japão apela ao país a ajudar as vítimas do desastre de 2011

Akihito instou hoje o país em sua tradicional mensagem de Ano Novo a ajudar os atingidos pelo tsunami e crise nuclear.

Do Mundo-Nipo com a agência EFE

Imperador Akihito em duscurso (Foto: Aflo Imagens)

Imperador Akihito em duscurso (Foto: Aflo Imagens)

O imperador do Japão, Akihito, instou hoje o país em sua tradicional mensagem de Ano Novo a ajudar os atingidos pelo tsunami e crise nuclear ocorrida em março de 2011, para juntos enfrentar os desafios da reconstrução no nordeste do país.

“Nosso país está passando por momentos difíceis em consequência do terremoto e de outros fatores, mas é o meu desejo de que os corações das pessoas estejam sempre com os aflitos, e que todos apoiem uns aos outros para superar os vários desafios”, disse o Imperador Akihito em “Mensagem de Ano Novo 2013”, divulgada pela Agência da Casa Imperial do Japão.

O imperador, de 79 anos, também manifestou solidariedade pelos cerca de 52 mil evacuados que deixaram suas casas devido à crise nuclear na usina Fukushima Daiichi.

“Meu coração está com os enlutados”, disse Akihito sobre os evacuados, lamentando por terem de passar o inverno frio em abrigos temporários.

Para o futuro, o velho imperador do Japão queria mostrar-se positivo, esperançoso de que o país aprendeu as lições deixadas por tempos difíceis vividos nos últimos anos.

“Eu sinceramente espero que, no futuro, a experiência dos danos causados ​​pelo terremoto e tsunami sejam totalmente utilizados na educação de prevenção de desastres e planejamento urbano, e assim, mover o país para garantir a segurança e proteção das pessoas “, acrescentou o Imperador.

Akihito, que ascendeu ao trono em 1989 após a morte de seu pai, está muito deficiente de saúde desde que passou por uma cirurgia de “bypass” coronário em fevereiro passado.

Além disso, em 2003, passou por uma cirurgia de câncer de próstata, que ainda está em tratamento, em 2008 sofreu uma hemorragia estomacal e há um ano foi diagnosticado com aterosclerose coronariana.

Em 23 de dezembro, durante o seu 79ª aniversário, o imperador expressou o desejo de manter o trabalho regular, apesar de seu estado de saúde, como fez seu pai, o imperador Hirohito, que atendeu a todos os seus compromissos oficiais até os 80 anos de idade.

Como todos os anos, a Casa Imperial divulgou também os cinco poemas em gênero “waka”, que remonta ao século VI, escrito pelo imperador e sua esposa Michiko, em celebração ao Ano Novo.

Neles, o imperador reflete questões como a situação dos evacuados pela crise nuclear, o apreço pela demonstrações de afeto que recebeu durante a sua cirurgia coronária e a visita ao Reino Unido em maio para marcar o Jubileu da rainha Elizabeth II.

 

Agência EFE – Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem a autorização prévia por escrito da Agência EFE S/A.

Comentários