Ciência e Saúde Sociedade

Morre aos 91 anos cientista considerado o pai da pílula anticoncepcional

Carl Djerassi desenvolveu um hormônio sintético que mais tarde se tornou o componente chave do primeiro contraceptivo oral.

Do Mundo-Nipo com Agência Kyodo

Carl Djerassi, o químico amplamente considerado o pai da pílula anticoncepcional, morreu aos 91 anos na última sexta-feira de complicações após uma luta de anos contra um câncer, informou o porta-voz da Universidade de Stanford, Dan Stober, acrescentando que o cientista faleceu em casa, na cidade de San Francisco.

Djerassi era professor emérito da Universidade de Stanford, mas era o mais famoso por liderar uma equipe de pesquisa na Cidade do México, que em 1951 desenvolveu o norethindrone, um hormônio sintético que mais tarde se tornou o componente chave do primeiro contraceptivo oral.

“A pílula”, como passou a ser conhecida em práticas sexuais, transformou radicalmente a vida das mulheres. Em seu livro, ” “This Man’s Pill”, Djerassi relata que a descoberta também mudou a sua vida, tornando-o mais interessado em como a ciência afeta a sociedade.

Mais tarde, Djerassi se dedicou a escrever poemas, contos e peças de teatro, mas jamais largou a ciência. Ele também era colecionador de arte e proprietário da coleção privada mais importante do mundo, do pintor alemão Paul Klee (1879-1940), que legou ao Museu de Arte Moderna de São Francisco e ao Museu de Albertina.

Carl Djerassi nasceu em Viena em 29 de outubro de 1923, filho de pai búlgaro e mãe austríaca. Foi perseguido pelos nazistas e buscou refúgio nos Estados Unidos, onde viveu desde então.

*Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários

Deixe de comentário

*