Sociedade

Japão participará das buscas por vítimas de avião da AirAsia

A Força Marítima de Autodefesa do Japão está enviando, à Indonésia, dois destróieres e três helicópteros.

Do Mundo-Nipo

A Força Marítima de Autodefesa do Japão está enviando dois de seus navios para se juntar às buscas de vítimas e das caixas-pretas do avião da AirAsia acidentado com 162 pessoas a bordo no domingo (28), no leste da Indonésia.

De acordo com a emissora pública NHK, um grupo da equipe de resgates de emergência do governo japonês, enviado anteriormente, realizou uma coletiva de imprensa em Jacarta. O grupo disse que dois destróieres japoneses, no momento atracados em um porto na Malásia, estão programados para chegar às águas da Indonésia no próximo domingo. A equipe disse ainda que a embarcação japonesa está transportando três helicópteros para ajudar no resgate dos corpos.

Acidente do Airbus A320 da AirAsia
O Airbus A320 transportando 162 passageiros e a tripulação caiu no último domingo, na metade da rota do voo que partiu de Subaya, na Indonésia, com destino a Cingapura.

Minutos antes de perder contato, o piloto disse ao controle de tráfego aéreo que se aproximava de uma área de nuvens, porém, a permissão para que a aeronave subisse de altitude foi negada por causa do tráfego aéreo pesado.

Ainda não está claro o que ocasionou o acidente e a queda do avião no mar. A tragédia foi a primeiro na história da AirAsia, que começou as operações em 2001 e se tornou uma das mais populares na região.

Buscas
Depois de quase uma semana de busca, as equipes de resgate que trabalham na Indonésia conseguiram nesta sexta-feira (2) triplicar o número de corpos resgatados no mar de Java, alguns deles presos ainda às poltronas do avião da AirAsia e com os cintos afivelados.

Dos 30 corpos recuperados até agora, 21 foram encontrados nesta sexta-feira. A equipe enfrenta dificuldades por conta das chuvas de monção.  Garoa e nuvens se instalaram na região nesta sexta-feira, mas a previsão até domingo é de chuva, ventos fortes e ondas de até 4 metros, o que pode dispersar corpos e destroços.

Fontes: NHK World News / Associated Press (AP).

 

Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários

Deixe de comentário

*