Sociedade

Província no leste do Japão interdita mais 2 praias após infestação de tubarões

Tubarões foram avistados nadando a poucos metros de distância de dezenas de surfistas em uma praia em Hokota.

Do Mundo-Nipo

Autoridades da província de Ibaraki, no leste do Japão, interditaram mais duas praias na cidade litorânea Hitachinaka nesta quinta-feira (6), após registrar aparições de tubarões próximos às margens de várias praias na região, informou a emissora pública NHK.

A decisão de hoje ocorre um dia após autoridades interditarem sete praias localizadas em quatro diferentes cidades na província (Hokota, Kashima, Kamisu e Oarai), totalizando agora nove interdições em apenas dois dias, conforme noticiou a NHK.

Entre terça e quarta-feira, dois tubarões foram avistados nadando a apenas 20 metros de distância da margem de uma praia em Hokota, onde encontravam-se dezenas de surfistas. Um dos tubarões, inclusive, media cerca de 4 metros, conforme mostraram imagens em um vídeo publicado nesta quinta-feira no canal da ODN (On Demand News) no YouTube.

Especialistas consultados pelos governos locais em Ibaraki disseram que essa infestação de tubarões na região é muito incomum. Com isso, vários profissionais da área, incluindo salva-vidas e policiais locais, foram mobilizados para monitorar o litoral, bem como impedir que banhistas e surfistas entrem no mar.

Captura de tubarões em Okinawa
Entre os dias 23 e 25 de julho, 14 navios pesqueiros foram mobilizados para capturar tubarões nas proximidades das Ilhas Ishigaki, em Okinawa, no sul do Japão, uma atividade que ocorre todos os anos durante a temporada do verão japonês. O movimento foi realizado pela Cooperativa da Pesca Yaeyama, que capturou 88 tubarões num espaço de dois dias.

Dentre os tubarões, foram capturados alguns pesando quase meia tonelada e cerca de 4 metros de comprimento, a maioria da espécie tubarão tigre, um dos mais temíveis.

Segundo informou a FNN News, que entrevistou membros da cooperativa, os danos que os tubarões causam à pesca local irão reduzir por cerca de um mês. A Cooperativa de Pesca Yaeyama, no entanto, afirma que a caça aos tubarões prosseguirão depois deste período, “provavelmente reiniciará no final deste mês”, afirmam.

Confira nos vídeos abaixo imagens da captura de tubarões em Okinawa e aparições de tubarões no litoral de Hokota:

Créditos: ODN

Créditos: FNN News

*Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários