Ciência e Saúde Sociedade

Mais de 12% das japonesas estão abaixo do peso, diz pesquisa do governo

A obsessão por “magreza” continua em forte alta no Japão.

Do Mundo-Nipo

A obsessão por “magreza” continua em forte alta no Japão, com mais de 12% da população feminina abaixo do peso ideal, de acordo com uma pesquisa do Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar Social, indicando que o número é o mais alto dos últimos 30 anos, desde quando os dados começaram a ser compilados.

A pesquisa, divulgada nesta quarta-feira (10) e que visa avaliar a saúde da população, coletou dados em 5.204 domicílios escolhidos aleatoriamente em novembro do ano passado. Deste número, foi possível obter respostas válidas de 3.493 domicílios, cerca de 67%.

Do total válidos, 12,3% das mulheres estão abaixo do peso ideal. Mulheres na faixa dos 20 anos são as que apresentaram o maior índice, com mais de 21% dos casos abaixo do peso. Na média dos 30 anos, foram 17,6% e dos 40, um pouco mais de 10%.

A pesquisa se baseia no cálculo do IMC (Índice de Massa Corporal). A técnica consiste em dividir o peso pela altura ao quadrado. Quem apresentar resultado menor que 18,5 está com o peso abaixo do ideal, enquanto que mais 25 é sinal de obesidade.

Segundo o Ministério, se o consumo de energia pelo organismo for baixo, é possível que o problema cause danos à saúde. O órgão fez um alerta especial para pessoas a partir da faixa etária de 30 anos – que estão abaixo do peso e não fazem atividades físicas. Segundo o Ministério, alterar hábitos diários é fundamental para cuidar da saúde.

Entre os homens que participaram da pesquisa, 28,6% estavam acima do peso. Apesar de o número ser alto em comparação com às mulheres, o resultado é 5 pontos inferior que nos anos anteriores.

Por faixa etária, a média de 40 anos foi a mais alta, com 34,9% apresentando peso acima do ideal. Os dados também mostraram que 40% das pessoas acima de 60 anos possuem uma alimentação adequada e 30% pratica atividades físicas regularmente.

A pesquisa indicou ainda que apenas 20% das pessoas entre 20 e 30 anos se preocupa com a alimentação, enquanto 10% possui uma rotina de exercícios físicos.

Fontes: Jornal Nikkei


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários

Deixe de comentário

*