Sociedade

Cidade japonesa incentiva natalidade com subsídios milionários a famílias com filhos

O governo de uma cidade em Fukushima está fornecendo subsídios que podem passar de 1,5 milhão de ienes para casais com filhos nascidos na pequena cidade.

Do Mundo-Nipo

O governo de Yamatsuri, na província de Fukushima, está fornecendo subsídios que podem passar de 1,5 milhão de ienes (cerca de R$ 41 mil) para casais com filhos nascidos na pequena cidade que, de acordo com dados atuais, possui uma população estimada em pouco mais de 6 mil habitantes.

Hideo Masuko, chefe do departamento de Bem-Estar Social da Prefeitura de Yamatsuri, cidade localizada no sul da província de Fukushima, na divisa com Ibaraki, disse que a população da cidade e o índice de natalidade têm se mantido constantes desde a criação do programa.

Os valores dos benefícios são variados e fornecidos de acordo com o número de crianças nascidas em cada família. Por exemplo, um casal que tem o primeiro filho recebe 100 mil ienes. O mesmo valor é fornecido no caso de um segundo filho. O valor do benefício, no entanto, aumenta a partir do terceiro filho (500 ienes), quarto filho (1 milhão de ienes), quinto filho (1,5 milhão de ienes) e assim sucessivamente.

Há ainda um subsídio educacional no valor de 500 mil ienes a partir do terceiro filho. Sendo este em 10 parcelas anuais de 50 mil ienes, dos 2 aos 11 anos de idade.

O governo de Yamatsuri explica que, para fazer parte do programa, basta ter morado na cidade por um ano antes do nascimento da criança e continuar residindo na cidade por um período mínimo três meses. Não é preciso comprovar renda e pessoas não casadas oficialmente também podem receber os benefícios.

O programa abrange ainda famílias que não tiveram os primeiros filhos na cidade. O governo dá como exemplo um casal que teve o quarto filho um ano depois que passou a residir em Yamatsuri e teve o direito de receber 1 milhão de ienes e mais 500 mil ienes de subsídio educacional.

O objetivo do programa é atrair moradores e incentivar os casais a terem mais filhos, bem como contribuir com o governo central na luta para frear o esvaziamento das províncias rurais, onde a queda de natalidade e da mortalidade, em meio a uma população cada vez mais envelhecida, se soma ao êxodo de jovens para cidades como Tóquio e Osaka em busca de emprego.

Para mais informações, visite o site oficial da Prefeitura de Yamatsuri (em japonês).

*Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários