Sociedade

Ativistas japoneses fazem greve de fome para pressionar governo

Cerca de 10 pessoas participaram do protesto.

Do Mundo-Nipo

Protestos anti-energia nuclear no Japão (Foto: AFLO)

Protestos anti-energia nuclear no Japão (Foto: AFLO)

Ativistas contra a energia nuclear protestaram nesta quinta-feira declarando greve de fome para pressionar o governo a abandonar uma ação judicial exigindo a regirada de suas tendas, que foram erguidas nas instalações do Ministério da Economia, Comércio e Indústria.

Cerca de 10 pessoas sentaram-se em frente as barracas, usando bandanas e “happi” – um revestimento tradicional japonês -, protestando contra o governo.

“Nós não estamos removendo as barracas. Somos contra a retomada de reatores nucleares”, disseram os ativistas, conforme divulgou a agência Kyodo.

“As pessoas que estão lutando pelo fim da geração de energia nuclear encontram-se aqui e obtêm informações aqui”, disse Setsuko Kuroda, de 62 anos, que frequentemente visita as barracas de Koriyama, província Fukushima.

 

Para saber mais sobre Sociedade, clique em mundo-nipo.com/sociedade. Siga também o Mundo-Nipo no Twitter e Facebook.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários