Sociedade

Mais de 16% das crianças no Japão estão vivendo na pobreza, diz ministério

O percentual atingiu um nível recorde, o mais alto em 29 anos.

Do Mundo-Nipo com Agência Kyodo

O percentual de crianças e adolescentes que vivem na pobreza atingiu um nível recorde no Japão, informou o Ministério da Saúde, Trabalho e Bem Estar do país em seu relatório trienal.

O ministério realiza uma pesquisa a cada três anos para determinar o percentual de pessoas que vivem na pobreza sob os critérios estabelecidos pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).

Divulgada na terça-feira (15), a pesquisa revelou que 16,3% dos japoneses com idades abaixo dos 17 anos estão vivendo em situação de pobreza, alta de 0,6 pontos percentuais em relação ao levantamento anterior. O número é o mais alto desde que a pesquisa começou a ser realizada, em 1985.

O ministério atribui o péssimo resultado à deflação no país até 2012, ocasião em que a taxa de desemprego estava em alta e houve um grande registro de mães solteiras, o que, provavelmente, levou a uma queda dos rendimentos familiares.

Em maio, um estudo envolvendo os 34 países membros da OCDE apontou a Dinamarca como a nação detentora da menor proporção de crianças que vivem na pobreza, com 3,7%. Japão ficou em 9º lugar, enquanto Israel registrou o maior percentual, com 28,5%.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários

Deixe de comentário

*