Sociedade

Chen Guangcheng pressionado a deixar Universidade de Nova York por pressão da China

Chen disse que está sendo forçado a deixar a Universidade de Nova York sob pressão chinesa.

Do Mundo-Nipo

Chen Guangcheng (Foto: Wikiemdia Commons)

Chen Guangcheng ganhou uma bolsa na universidade (Foto: Wikiemdia Commons)

O ativista chinês de direitos humanos, Chen Guangcheng, cuja a saída da China no ano passado provocou uma crise diplomática entre o governo chinês e norte-americano, disse nesta segunda-feira que está sendo forçado a deixar a Universidade de Nova York (NYU, na sigla original) sob pressão chinesa.

Chen declarou ao portal de notícias ChinaAid, com sede nos EUA, que a NYU – onde está hospedado desde maio do ano passado com uma bolsa, pediu-lhe para sair até o final de junho.

Em meio as pressões da China, de acordo com Chen, a universidade começou a discutir sua saída em agosto do ano passado, apenas alguns meses depois de sua chegada.

Chen vive em Nova York desde que ele escapou de sua prisão domiciliar na província de Shandong – onde estava sendo mantido por tornar público que autoridades chinesas forçavam mulheres grávidas a abortarem -, em abril do ano passado.

 

Para saber mais sobre Sociedade, clique em mundo-nipo.com/sociedade. Siga também o Mundo-Nipo no Twitter e Facebook.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários

Deixe de comentário

*