Sociedade

Adolescente de 14 anos se suicida em escola no Japão

O jovem pulou do 3º andar do prédio de uma escola em Koganei, na região metropolitana de Tóquio.

Do Mundo-Nipo

Um adolescente de 14 anos se suicidou ao se jogar da cobertura do prédio da escola em que estudava, em Koganei, cidade localizada na região metropolitana de Tóquio, segundo informou a imprensa japonesa nesta quinta-feira (17).

O aluno foi encontrado caído no chão ao lado do prédio da escola, que tem três andares, de acordo com um relatório do Conselho de Educação da cidade, divulgado na quinta-feira (16).

O jovem cursava o 2º ano da escola pública Koganei Daiichi Chuugakkou, e teve a morte confirmada em um hospital local. O Conselho e a polícia investigam o caso como provável suicídio, baseados em um bilhete encontrado no bolso do uniforme que o aluno usava quando pulou do prédio, na manhã da última quarta-feira.

De acordo com informações prestadas pela direção da escola, a frequência letiva do aluno era baixa, sugerindo que ele costumava faltar às aulas. Ainda de acordo com a escola, a criança não teria assistindo a aula no dia do acidente, indicando que ele havia subido na cobertura do prédio sem ter passado pela classe.

A direção da escola conversou com vários alunos, mas não conseguiu informações que pudessem sugerir que o jovem estivesse sendo vítima de bullying por colegas ou professores.

Alguns alunos disseram ainda ter visto uma pessoa na cobertura do prédio momentos antes do acidente, mas mão ficou claro se o jovem pulou na frente dos alunos ou se escolheu um momento em que ninguém estivesse olhando. Fonte: TV Asahi – ANNNnewsCH.

 

Índice de suicídio no japão

Estudos recentes da  Organização Mundial da Saúde (OMS) revelou que Japão está entre os 10 países com o maior número de suicídios no mundo. O primeiro relatório da OMS sobre prevenção do suicídio mostrou ainda que essa trite realidade acontece em todo o mundo e em quase todas as idades. Globalmente, as taxas são maiores nas pessoas acima de 70 anos, mas, em alguns países, as maiores taxas estão entre os jovens, com Japão liderando o ranking.

Recentemente, o governo japonês pediu uma maior colaboração para reduzir a alta taxa de suicídio entre jovens japoneses, que representa quase a metade das causas de mortalidade na faixa etária de 20 a 29 anos.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários