Notícias Sociedade

Companhia aérea japonesa pede desculpas por anúncio com teor racista

Usuários de redes sociais criticaram o comercial da ANA, acusando a companhia de usar estereótipos racistas.

Do Mundo-Nipo

A companhia aérea All Nippon Airways (ANA) pediu desculpas aos seus consumidores que reclamaram de um comercial de TV da empresa que, segundo o público, usava estereótipos racistas. Em comunicado, divulgado na segunda-feira (20), a companhia destacou que não pretendia ofender ninguém e afirmou que modificará o anúncio.

 

Comercial da ANA com teor racista (Imagem: YouTube/ANAGlobalCH/Reprocução)

O comercial foi exibido entre sábado (18) e segunda-feira (20), mas agora já está fora do ar (Imagem: YouTube/ANAGlobalCH/Reprocução)

 

O comercial em questão foi ao ar pela primeira vez no último sábado. Seu objetivo era promover o aumento de voos internacionais da empresa no Aeroporto de Haneda, em Tóquio, a partir de março. A gravação de 30 segundos mostra dois homens japoneses com uniforme da ANA, discutindo em inglês como poderiam potencializar a imagem da companhia como transportadora internacional.

Então, um deles diz: “Vamos mudar a imagem do povo japonês”. E ou outro responde “claro”, e aparece com uma peruca loira e um nariz falso. No Japão, os ocidentais brancos são tidos muitas vezes como pessoas com narizes grandes, olhos azuis e cabelos loiros – características que até são consideradas desejáveis no país.

Usuários de redes sociais criticaram o comercial, acusando a companhia de usar estereótipos racistas.  “Se você é estrangeiro e planeja vir ao Japão, não escolha uma empresa abertamente racista como a ANA”, reclamou um usuário do Twitter.

Ryosei Nomura, porta-voz da ANA, disse que o intuito da propaganda era destacar a importância de expansão dos serviços da empresa em Haneda, além de chamar os japoneses a viajarem pelo mundo.

“Mas recebemos opiniões diferentes da mensagem que queríamos levar. Vamos modificar parte do comercial e vamos lançar a nova versão em breve”, disse ele em um comunicado. O comercial foi exibido entre sábado (18) e segunda-feira (20), mas agora já está fora do ar.

Segundo  a Agence France-Presse (AFP), anteriormente, uma outra porta-voz da ANA disse que consumidores, em sua maioria estrangeiros, ligaram para a empresa para reclamar do filme. “Pedimos desculpas a cada um dos clientes por termos causado sentimentos desconfortáveis e também agradecemos por terem trazido o assunto à tona”, disse essa representante à AFP.

Confira o suposto comercial racista da ANA:

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários

Deixe de comentário

*