Sociedade

Pesquisa aponta mais de 557 mil vítimas por bomba atômica em Hiroshima

A pesquisa foi realizada pelo governo municipal de Hiroshima.

Do Mundo-Nipo

Nuvem Atômica sobre Hiroshima (Foto: National Archives and Records Administration)

Nuvem Atômica sobre Hiroshima (Foto: National Archives and Records Administration)

Uma pesquisa realizada pelo governo municipal de Hiroshima, divulgada neste sábado, constatou que mais de 557 mil pessoas morreram pelo bombardeio atômico na cidade em 1945.

Abrangendo quase todos os mortos e sobreviventes, a pesquisa apontou para o número total de 557.478 vítimas.

Deste número, 384.743 foram confirmados como estando na cidade de Hiroshima ou proximidades e aldeias quando bomba atômica foi lançada. O restante inclui pessoas que entraram em áreas próximas a explosão e os sem informações suficientes sobre o ocorrido.

Um oficial da cidade sugeriu que o mais recente estudo será o último, uma vez que 68 anos já se passaram desde o bombardeio e que a descoberta de novos documentos é improvável.

“A partir de agora vamos estudar como a radiação afetou as pessoas nos primeiros dias (após a explosão), examinando as circunstâncias de sobreviventes da bomba atômica e quando elas morreram”, disse Keiko Otani, professora do Instituto de Pesquisa de Biologia e Medicina da Universidade de Hiroshima, assistente na pesquisa.

 

Para saber mais sobre Sociedade, clique em mundo-nipo.com/sociedade. Siga também oMundo-Nipo no Twitter e Facebook.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários

Deixe de comentário

*