Sociedade

Japonês comete suicídio após saber que ficaria 10 dias preso por dirigir sem licença

O detento, de 46 anos de idade, se enforcou usando um lençol amarrado à porta do banheiro de sua cela.

Do Mundo-Nipo

A polícia da província de Chiba disse que um homem, condenado por dirigir sem licença, cometeu suicídio em uma de suas prisões, informou a imprensa japonesa.

Segundo a polícia, o incidente ocorreu na Delegacia de Chuo, em torno de 21h00 de sábado (27).

O detento, de 46 anos de idade, aparentemente se enforcou usando um lençol amarrado a porta do banheiro de sua cela.

A polícia disse que um guarda havia verificado o prisioneiro 40 minutos antes de seu suicídio. Depois de ser encontrado, foi levado a um hospital na cidade de Chuo, onde foi declarado seu falecimento.

O homem estava sendo mantido em uma cela após a sua prisão na quinta-feira (25) por supostamente dirigir sem licença. No sábado, dia em que completava três dias de cárcere, ficou sabendo que a sua detenção havia sido prorrogada por mais 10 dias, embora ele ainda negasse a acusação.

Em um comunicado divulgado à imprensa na segunda-feira (29), um oficial da Delegacia de Chuo disse: “Nós estamos averiguando o motivo por trás do suicídio. Vamos também introduzir medidas para garantir que isso não volte a acontecer”, de acordo com a TV Asahi.

 

Para saber mais notícias sobre Sociedade, clique em mundo-nipo.com/sociedade. Siga também o Mundo-Nipo no Twitter e Facebook.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários