Notícias Tecnologia

Morre, aos 91 anos, japonês considerado pai do jogo Pac-Man

Masaya Nakamura, pai do game Pac-Man (Foto: Getty)

Masaya Nakamura fundou em 1955 empresa que se tornaria a bem sucedida Bandai Namco.

O empresário Masaya Nakamura, considerado o pai do mundialmente conhecido jogo ‘Pac-Man’, criado nos anos de 1980, morreu no Japão aos 91 anos no dia 22 de janeiro, informou na última segunda-feira (30) a Bandai Namco Holdings, empresa na qual Nakamura ocupava o cargo de conselheiro.

Nakamura fundou uma empresa em 1955 que mais tarde se tornaria a Namco. A companhia começou instalando dois cavalos mecânicos de madeira no terraço de uma loja de departamentos e passou a desenvolver jogos domésticos e arcade, parques temáticos e outros parques de diversões. Meio século depois, em 2005, a empresa se fundiu com a gigante de brinquedos japonesa Bandai.

Apesar da fama, o Pac-Man surgiu, na realidade, da prancheta de Toru Iwatani, designer de jogos da Namco, e foi lançado em 1980. A popularização do jogo foi tamanha que entrou para o Guinness World Records como o jogo de maior sucesso da época.

Nakamura ainda trabalhava como conselheiro sênior da Namco. A companhia não divulgou detalhes sobre sua morte, bem como demorou mais de uma semana para divulgá-la, alegando estar cumprindo o desejo da família.

Fonte: Revista ISTOÉ Dinheiro.

Comentários