Tecnologia

Foguete explode logo após ser lançado no Japão

Reprodução / TVi24

Felizmente, a explosão não deixou nenhuma pessoa ferida porque a aeronave não era tripulada.

Um foguete não tripulado projetado por uma empresa privada no Japão explodiu exatamente seis segundos após o seu lançamento, na cidade japonesa de Taiki.

A espaçonave foi desenvolvida pela empresa Interstellar Technologies Inc. e chegou a deixar a plataforma na manhã de sábado (30), mas sofreu instabilidade logo no lançamento, subiu apenas dez metros e não conseguiu seguir viagem. A explosão de foguete no Japão foi transmitida por uma rede de televisão japonesa que acompanhava o lançamento.

A tentativa de lançamento aconteceu por volta das 5h30 locais. No lançamento, a espaçonave não conseguiu vencer a gravidade da Terra e foi puxada de volta para a superfície, sendo assim destruída pelo impacto no chão.

O foguete não levava nenhuma tripulação. Além disso, ele era controlado a distância. Por esses motivos, a explosão de espaçonave não deixou nenhuma pessoa ferida.

Os espectadores também estavam afastados cerca de 600 metros da plataforma de lançamento da Interstellar Technologies Inc. O público era majoritariamente formado por pais e seus filhos, deixando tristes muitas crianças que foram ao local apenas para acompanhar o lançamento.

A empresa, inclusive, busca ser a primeira do Japão a lançar com sucesso um foguete. Para tanto, ela tem investido forte no projeto.

Nas imagens que foram televisionadas é possível perceber que os técnicos se mostraram bastante decepcionados pela rápida queda e destruição do foguete. De qualquer maneira, esses técnicos seguem investigando as causas do acidente.

Em comunicado, o presidente da Interstellar, Takahiro Inagawa, pediu desculpas a todos os investidores do projeto e ao público que acompanhava o lançamento pelo fracasso. Para ele, a explosão de foguete pode ter ocorrido por causa de problemas no motor.

Essa é a segunda tentativa da companhia de lançar uma aeronave ao espaço. Há quase um ano, na ilha de Hokkaido, no extremo norte do Japão, foi lançado o foguete de uma etapa MOMO-1.

O projétil chegou a atingir uma altitude de 20 quilômetros, mas caiu a 6,5 quilômetros do local de lançamento, no oceano Pacífico.

Fonte: Último Segundo – iG.

Comentários