Espacial

Japão lança com sucesso o seu novo satélite meteorológico ao espaço

O Himawari 8 vem sendo considerado a próxima geração de satélites meteorológicos.

A Agência de Exploração Aeroespacial Japonesa (JAXA) obteve sucesso no lançamento de seu novo satélite de observação meteorológica, o Himawari 8, um novo modelo que é considerado o mais avançado do mundo e com o qual a agência pretende melhorar a precisão das previsões relacionadas a desastres naturais.

O foguete H-2ª, que transportou o satélite, decolou do Centro Espacial de Tanegashima, no sudoeste do Japão, na manhã desta terça-feira (7).

O Himawari 8 vem sendo considerado a próxima geração de satélites meteorológicos, com tecnologia de observação aprimorada e capacidade aperfeiçoada de processamento de dados. Sua tecnologia é capaz de cobrir a superfície do Japão em intervalos de 150 segundos.

O objetivo é ajudar a melhorar as previsões meteorológicas, como mudanças climáticas, os recursos de água doce, inundações e secas, bem como a formação e o rastreamento de tufões, atividades vulcânicas, entre outros fenômenos.

A JAXA explicou que o satélite poderá registrar imagens da superfície a cada dez minutos, em comparação com os 30 minutos que demora o antecessor, e medirá a distribuição do pó vulcânico após erupções como a do Monte Ontake, que entrou em atividade recentemente e causou a morte de pelo menos 51 pessoas.

Além disso, ele será empregado para detectar as nuvens de rápida formação que podem provocar fortes chuvas, como as que gerou o tufão Phanfone ao longo dos últimos dias e obrigou os trabalhos de resgate no Ontake a serem interrompidos por diversas vezes.

O satélite Himawari 8 começará a operar completamente em meados de julho de 2015. O Japão ainda planeja lançar um satélite de auxílio, o Himawari-9, em 2016.

(Com informações das agências EFE e Kyodo)

Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários