Inovação

Honda desenvolve robô para trabalhar na usina nuclear de Fukushima

O robô foi recém desenvolvido e começará a trabalhar dentro do prédio do reator nesta terça-feira (17).

Do Mundo-Nipo

A Honda e o Instituto Nacional de Ciência Industrial Avançada e Tecnologia (AIST) desenvolveram em conjunto um robô de pesquisa para realizar levantamentos no primeiro andar do edifício que abriga um dos reatores nucleares da usina danificada Fukushima Daiichi, de acordo com jornal Japan Today.

 

Usina Fukushima Daiichi (Foto: Aflo Images)

Usina Fukushima Daiichi (Foto: Aflo Images)

O robô foi recém desenvolvido e começará a trabalhar dentro do prédio do reator nesta terça-feira (17).

A Honda aplicou algumas tecnologias que foram desenvolvidas originalmente para o ASIMO, o robô humanoide da Honda.

A tecnologia permite a visualização em 3D da estrutura do prédio, bem como o controle simultâneo de múltiplas articulações.

O braço do robô pode facilmente identificar objetos atrás de outros objetos em um ambiente estruturalmente complexo.

Ao aproximar-se dos objetos, o robô utiliza uma câmera zoom, telêmetro laser e dosímetro localizado na ponta do braço para confirmar imagens detalhadas, coletar dados em 3D e identificar a fonte de radiação.

A Honda e a AIST desenvolveram conjuntamente uma interface de controle remoto intuitivo. Usando esta interface, o operador pode controlar o robô a partir de um local remoto, permitindo manobras em locais escuros e estreitos do edifício do reator.

 

Para saber mais sobre Tecnologia, clique em mundo-nipo.com/tecnologia-e-ciencia. Siga também o Mundo-Nipo no Twitter e Facebook.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários