Internet

Japão perde interesse pelo Facebook

Por outro lado, o aplicativo japonês de mensagens instantâneas “Line” vem ganhando força no país.

Do Mundo-Nipo

A maior rede social do mundo, o Facebook, que já atraiu um bilhão de usuários em todo o mundo, não conquistou o Japão. Japoneses cada vez mais mostram sinais de desinteresse pela rede.

 

Imagem: reprodução

Imagem: reprodução

 

O Facebook lançou sua versão japonesa em 2008 e só foi chamar a atenção de usuários após famosas empresas do país utilizarem a rede como ferramenta de marketing.

Até o final de 2012 o Japão tinha 17,12 milhões de usuários do Facebook, apenas cinco meses depois este número caiu para 13,78 milhões, o que representa uma queda de 19,5% em menos de meio ano, conforme relatórios da imprensa local.

De acordo com The Tokyo Times, usuários estão reclamando que o Facebook está se tornando chato por ter as mesmas pessoas e por estas ostentarem sobre suas vidas.

Por outro lado, o aplicativo japonês de mensagens instantâneas “Line” vem ganhando força no país, superando 41.510 mil usuários no Japão e 150 milhões no mundo desde o seu lançamento em junho de 2011.

 

Para saber mais sobre Tecnologia, clique em mundo-nipo.com/tecnologia. Siga também oMundo-Nipo no Twitter e Facebook.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários

Deixe uma resposta