Variedades

As 7 cidades abandonadas mais assustadoras do mundo

Ruínas na Ilha de Hashima (Foto: Jordy Meow/Montagem Mundo-Nipo)

A lista traz cidades abandonadas com cenários horripilantes, localizadas em locais como Japão, China, entre outros.

O êxodo ou evacuação da população em uma cidade geralmente é provocado por catástrofes como desastres naturais ou geradas pelo homem, bem como por acontecimentos históricos, como guerras, e por razões econômicas. O fato é que cidades abandonadas estão espalhadas por vários cantos do planeta e, com o passar do tempo, acabam se transformando em verdadeiros cenários de filme de terror.

Entretanto, muitas delas se tornam pontos turísticos, atraindo pessoas interessadas na história por detrás das ruínas ou mesmo em possíveis encontros sobrenaturais.

O jornal inglês Daily Mail compilou uma lista com várias destas cidades. Entre tantas, o Mundo-Nipo selecionou sete que considerou as mais assustadoras, baseando-se mais em suas histórias intrigantes do que propriamente em seus cenários horripilantes.

Confira as sete cidades abandonadas (lista em ordem cronológica decrescente):

1 FENGDU
Fengdu (Foto: Gatty Images)

Fengdu (Foto: Gatty Images)

Localização: Fengdu, China
Abandonada desde: 2003

História: Situada à beira do Rio Yang-tsé, Fengdu foi evacuada para a construção da Hidrelétrica Três Gargantas, em 2003. Boa parte da cidade ficou submersa após a construção da barragem e da represa – as maiores do mundo – e o que resta são ruínas e prédios abandonados. Mas a cidade sagrada para os taoístas já era conhecida por seu tom sombrio, repleta de estátuas e imagens com aparência demoníacas. Por sorte, para os que seguem esta crença e para os fãs de passeios sinistros, boa parte dos templos e construções sagradas esta localizado na região montanhosa da cidade que permanece intacta, mas totalmente vazia.

2 PRIPYAT
Pripyat (Foto: Gatty Images)

Pripyat (Foto: Gatty Images)

Localização: Pripyat, Ucrânia
Abandonada desde: 1986

História: Em 26 de abril de 1986, o reator de Chernobyl anunciou sua trágica derrocada. O incidente foi um grande golpe para o setor de energia nuclear, e, ainda hoje, a cidade de Pripyat é um retiro abandonado, congelado nos tempos da era Soviética. Mesmo após o reator acidentado ter sido envolto por uma caixa apropriada, chamada de “sarcófago”, a área permanece imprópria para a vida humana.

Entretanto, a cidade prosperou em um aspecto: “A vida selvagem voltou para a área em grande número”. Lobos caçam silenciosamente entre os enormes prédios de apartamentos, e javalis buscam comida no parque de diversões abandonado – estranhamente inaugurado no dia seguinte à explosão do reator, durante a evacuação da população.

3 SANZHI
Sanzhi (Foto: Carrie Kellenberger/Flickr)

Sanzhi (Foto: Carrie Kellenberger/Flickr)

Localização: Distrito de Sanzhi, New Taipei, Taiwan
Abandonada desde: 1980

História: Esta área chamada de Sanzhi, ao norte de Taipei, era para ser, originalmente, um resort de férias e entretenimento para militares dos EUA. A arquitetura pode ser classificada como futurística, e a comunidade do resort abandonado teve dificuldades desde o início.

Estranhos acidentes aconteceram durante a construção. Muitos trabalhadores morreram em desastres de carro, e outros estranhos acidentes eram comuns. As mortes foram atribuídas a causas sobrenaturais. Alguns especulam que o resort foi construído sobre um cemitério holandês, enquanto outros atribuíram os infortúnios a uma estátua de dragão destruída durante a construção. Seja como for, as ruínas nunca receberam seu primeiro hóspede, já que o projeto foi abandonado.

4 ILHA DE HASHIMA
Hashima (Foto: Gatty Images)

Hashima (Foto: Gatty Images)

Localização: Ilha de Hashima, Nagasaki, Japão
Abandonada desde: 1974

História: Durante a revolução industrial no Japão, a empresa Mitsubishi ergueu, nessa remota ilha, uma civilização em torno de grandes depósitos de carvão das ilhas de Nagasaki.

A ilha abriga alguns dos primeiros edifícios altos de concreto do Japão e, por quase um século, a mineração nela floresceu. No seu auge, a ilha de 15 hectares abrigou mais de cinco mil moradores – mineradores de carvão e suas famílias. Hoje, um clima pós-apocalíptico assombra a ilha abandonada, e as torres em ruínas e ruas vazias sobrevivem em meio a um assustador silêncio industrial. Em 2009, a ilha foi aberta aos turistas. Agora, é possível fazer uma viagem para explorar os cinemas, edifícios de apartamentos e lojas abandonados da Ilha Fantasma.

5 ORADOUR-SUR-GLANE
Oradour-sur-Glane (Foto: Curreyuk/Flickr)

Oradour-sur-Glane (Foto: Curreyuk/Flickr)

Localização: Oradour-sur-Glane, Limousin, França
Abandonada desde: 1944

História: Durante a Segunda Guerra Mundial, as tropas nazistas invadiram Oradour-sur-Glane e destruíram completamente a aldeia, matando 642 pessoas. Os carros queimados e edifícios permanecem congelados no tempo, como estavam em 1944 – um reflexo da monstruosidade da guerra e um memorial para os moradores que perderam suas vidas. O massacre foi um dos momentos mais cruéis da humanidade. Todos os visitantes da “cidade-mártir” são convidados a permanecer em silêncio enquanto vagam pelas ruas melancólicas da tragédia.

6 BODIE
Bodie (Foto: Reprodução/Google Maps)

Bodie (Foto: Reprodução/Google Maps)

Localização: Bodie, Califórnia, Estados Unidos
Abandonada desde: 1942, embora a última edição do jornal local, The Miner Bodie, tenha sido impressa em 1912.

História: Grande exemplo de cidade fantasma, Bodie é absolutamente espantosa. A “boom-city” de mais de 2500 metros de altitude, em Serra Nevada, foi um pólo de mineração durante a corrida do ouro, e, no seu auge, na década de 1880, foi supostamente uma das maiores cidades da Califórnia. Sessenta e cinco saloons enfileiravam-se por milhas de poeiras ao longo de sua rua principal. Além da grande produção de cervejas, Bodie desenvolveu e tornou-se uma cidade repleta de características de cidade grande, como igrejas, hospitais, quatro postos de bombeiros e até mesmo uma “Chinatown”, bairro de moradores chineses. Os visitantes são livres para caminhar pelas ruas desertas da cidade construída em ouro e esperança.

7 POMPEIA
Pompeia (Foto: Reprodução/Google Maps)

Pompeia (Foto: Reprodução/Google Maps)

Localização: Pompeia, Itália
Abandonada desde: 79 d.C

História: A mais antiga e conhecida cidade abandonada é Pompeia, no sul da Itália, a 22 km de Nápoles. Ela foi coberta por lava, cinzas e lama após a erupção do vulcão Vesúvio, em 79 d.C., o que conservou as construções, objetos e até mesmo os corpos que foram encontrados petrificados na posição que estavam no momento em que foram atingidos.

Como a cidade foi reconstruída a alguns quilômetros do local da tragédia, ignorou-se o paradeiro das ruínas por muito tempo. A cidade ficou soterrada por mais 1600 anos e só começou a ser escavada no século 18. Em 1997, foi reconhecida como Patrimônio da Humanidade pela Unesco.

Comentários