Variedades

Japão aposta nos mangás e animes para impulsionar o turismo

Takao Yaguchi, criador do mangá Tsurikichi Sanpei, participou da inauguração do mural no Aeroporto de Akita (Foto: Kyodo)

O governo japonês está confiante em atingir sua meta anual de 40 milhões de visitantes até o ano 2020.

O ministro porta-voz do Executivo japonês, Yoshihide Suga, disse que o governo pretende usar a popularidade internacional dos mangás e animes (revistas em quadrinhos e desenho animado japonês) para alavancar o turismo receptivo no Japão.

A afirmação de Suga ocorreu no domingo (2), durante a cerimônia de inauguração de um mural feito em cerâmica e estrategicamente exposto no Aeroporto de Akita, no nordeste do Japão. O trabalho é baseado na obra do mangaka (lê-se mangaká, desenhista de quadrinhos) Takao Yaguchi, intitulada Tsurikichi Sanpei, um popular mangá sobre pesca.

“Esperamos que o mural venha a atrair tanto turistas japoneses como estrangeiros”, disse Suga, ressaltando que o governo do primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, tem apostado na popularidade do famosos mangas e animes para fomentar o turismo no país, realizando eventos internacionais focados na indústria japonesa do entretenimento.

O secretário-chefe de gabinete também afirmou que o governo conduziu reformas regulatórias para impulsionar o turismo receptivo e revitalizar economias rurais.

“O número de turistas estrangeiros no Japão continua a aumentar”, disse ele, acrescentando que está confiante de que o governo atingirá a meta anual de 40 milhões de visitantes até 2020, ano em que a capital Tóquio sediará os Jogos Olímpicos e Paralímpicos.

Fontes: NHK News | Agência Kyodo.

Comentários