Variedades

Atum é arrematado por mais de R$ 470 mil no 1º leilão do ano em Tsukiji

O tradicional leilão no maior mercado de peixes do mundo teve um tom de despedida, já que o mercado será realocado em novembro.

Um atum de 200 quilos foi arrematado por 14 milhões de ienes (cerca de R$ 474 mil) nesta terça-feira (5), marcando o primeiro leilão do ano no mercado Tsukiji, em Tóquio.

Atum é arrematado por mais de R$ 470 mil no 1º leilão de peixes em Tsukiji (Imagem: Reprodução/YouTube)

O tradicional leilão no maior mercado de peixes do mundo teve um tom de despedida, já que o mercado será realocado em novembro (Imagem: Reprodução/YouTube)

O tradicional leilão no primeiro dia útil do ano no maior mercado de peixes do mundo teve início na madrugada desta terça-feira, quando atacadistas bateram palmas em um ritual para pedir por bons negócios.

Tradicionalmente, um sino especial é tocado para indicar o começo das primeiras transações do ano. No centro das atenções estava o leilão do atum, vindo de portos de todo o Japão e do mundo. O leilão, porém, teve um tom de despedida, já que o tradicional mercado será realocado para outra área em novembro.

Capturado em Oma, na província de Aomori (norte do Japão), o atum da espécie rabilho foi arrematado pelo chef Kiyoshi Kimura, presidente da rede de restaurantes Zanmai, especializada em sushis.

Veterano em arrematar grandes atuns nos primeiros leilões do ano, Kimura disse que o arremate neste ano foi um pouco caro porque houve muita competição. “Nunca vi o lugar tão cheio assim. Provavelmente, isso ocorreu porque este foi o último leilão de Ano Novo em Tsukiji, afirmou Kimura ao jornal The Asahi Shimbun.

“Todos estavam profundamente comovidos”, afirmou ele com a voz embargada.

No último leilão de Ano Novo no antigo mercado, o arremate de um atum por 14 milhões de ienes foi três vezes maior que os 4,51 milhões de ienes (cerca de R$ 152,6 mil) que o próprio Kimura pagou no ano passado e quase o dobro dos 7,36 milhões de ienes que ele desembolsou em 2014.

No entanto o leilão não bateu o recorde de 155,4 milhões de ienes (cerca de R$ 5,25 milhões) que Kimura pagou em 2013 e que, até o momento, é o maior valor na história dos leilões no mercado de Tsukij.

O chef veterano agora é o vencedor de cinco disputas consecutivas em leilões de Ano Novo no afamado e tradicional – 2012, 2013, 2014, 2015 e 2016.

Os leilões em Tsukiji, que atraem turistas de todo o mundo, serão os últimos que acontecerão em seu local de origem antes da realocação prevista para o final de 2016.

O planejamento está sendo feito pelo governo metropolitano de Tóquio devido ao envelhecimento do mercado atual, que foi construído em 1935. A previsão é de que a construção fique pronta em março, enquanto a inauguração está planejada para ocorrer no dia 7 de novembro.

O maior mercado de peixes do mundo passará a funcionar em uma área abrangendo cerca de 40 hectares na ilha de Toyosu (baía de Tóquio). O local fica a apenas alguns quilômetros ao sul da localização atual do mercado.

Fontes: The Asahi Shimbun | Agência Kyodo | Agência EFE.

Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários