Variedades

Mais de mil peixes são encontrados mortos em aquário no Japão

Foto: Distribuição/ Sunshine Aquarium

A interrupção de um dispositivo de ar pode ter reduzido a oxigenação do tanque que abrigava 1.234 peixes.

09/11/2017 – 11h59 | Atualizado em 09/11/2017 – 20h43


Mais de mil peixes morreram dentro do maior tanque do Sunshine Aquarium, em Tóquio, “provavelmente devido à falta de oxigênio”, informou a direção do famoso aquário, cujas operações foram paralisadas ontem e retomada parcialmente nesta quinta-feira (9).

O Sunshine retomou a exibição pública do tanque depois de suspender algumas operações no dia anterior e anunciou que um total de 1.235 peixes, que representavam aproximadamente 94% dos peixes no enorme tanque ‘Sunshine Lagoon’, morreram. Apenas 73 peixes, incluindo tubarões-zebra e arraias, sobreviveram.

As mortes em massa ocorreram depois que tratadores do aquário resolveram paralisar um dispositivo que produz bolhas de ar e ajuda na limpeza do tanque. A paralisação teve como objetivo aumentar a eficácia dos produtos químicos adicionados à água para tratar alguns peixes não saudáveis.

“A interrupção do gerador de bolhas pode ter causado a diminuição da oxigenação do tanque e, consequentemente, a morte dos peixes”, avaliaram investigadores oficiais que estiveram no local nesta quinta-feira.

O aquário explicou que interrompeu o gerador de bolhas, mas continuou a fornecer oxigênio ao tanque através de outro dispositivo e não avistou nada de anormal até a noite de terça-feira. Os 1.235 peixes, no entanto, amanheceram mortos na manhã seguinte.

“Apenas 73 peixes de 23 espécies sobreviveram”, declarou com pesar a operadora do aquário.

Com capacidade para suportar até 240 toneladas de água, o tanque ‘Sunshine Lagoon’ tem 12 metros de comprimento, 9,6 metros de largura e 2,4 metros de altura.

Sunshine Aquarium
Conhecido como “Oasis no céu”, o Sunshine Aquarium está localizado no 10º andar do Sunshine City, um complexo comercial em Ikebukuro, no distrito de Toshima, em Tóquio. Ele representa um dos mais modernos aquários no Japão.

O aquário apresenta várias espécies marítimas a partir de diferentes oceanos e florestas tropicais de todo o mundo.

Uma das maiores atrações são as apresentações onde mergulhadores interagem com leões-marinhos, pinguins e lontras do mar.

Sunshine Aquarium foi reaberto no inicio de agosto de 2011, após um ano de trabalho para renovação, que ampliou a capacidade dos tanques de água.

A instalação, anteriormente conhecida como “Aquário Internacional de Sunshine”, criou um ambiente de “lago tropical” a cerca de 40 metros acima do nível do solo.

Uma das principais atrações do aquário é a “tela água-viva”, que permite aos visitantes andar por um túnel com paredes de vidro iluminado por uma luz azul hipnótica, para se apreciar melhor as medusas, sendo que o teto tem apenas cerca 2,1 metros de altura.

Segundo a administração, este tipo de exposição com medusas é a primeira no Japão.

Um dos pontos altos do Sunshine Aquarium  é a recriação de ambientes aquáticos de todo o mundo, incluindo as do “Rio Amazonas”, do “Mar do Caribe” e dos “Corais da Grande Barreira da Austrália”.

Do Mundo-Nipo
Fontes: Kyodo | Japan Guide-jp.

Comentários