Notícias Variedades

Mulheres do Japão são as que mais viajam sozinhas pelo mundo

Japão também figura em 1º no ranking de países onde mulheres superam homens em viagens internacionais por si só.

As japonesas são as mulheres que mais viajam sozinhas para outros países, de acordo com uma pesquisa compilada pelo site de viagens Airbnb. Divulgada em janeiro, a pesquisa mostra  que o Brasil também está entre os cinco principais países com mais mulheres que viajam sozinhas pelos mundo.

Além de ocupar o topo da lista em que as mulheres são mais adeptas às viagens internacionais desacompanhadas, Japão figura em primeiro no ranking de países onde mulheres superam os homens em viagens internacionais por si só.

Taiwan e China ocupam a segunda e terceira posição, respectivamente no ranking em que mulheres viajam mais sozinhas do que os homens. A Rússia figura em quarto e o Brasil em quinto no estudo da Airbnb, que está presente em 34.000 cidades e 190 países.

A pesquisa abordou também as viagens para o dia dos namorados norte-americano e japonês, o Valentine Day’s, comemorado dia 14 de fevereiro. Apenas 25% das pessoas que fazem reservas no site para a data se antecipam. Já para comemorar o Ano-Novo, 45% dos viajantes procuram acomodação muito antes da viagem.

Dicas para a mulher que viaja sozinha
Recentemente, o site R7 consultou especialistas em viagens para aconselhar mulheres que querem viajar sozinhas e que não o fazem por diversos receios. Entre os medos citados estão o de não conseguir se virar sozinha, de não fazer amizades, de sofrer algum tipo de violência ou mesmo de sentir-se solitária.

Veja abaixo dez dicas de especialistas:

1 – Planeje e estude o local
Tem que decifrar o lugar onde vai visitar antes de chegar. Planejar te dá mais segurança. Descubra os costumes, como funciona o transporte público, onde estão os bairros que não devem ser visitados e como chegar nos pontos turísticos que quer visitar. Viaje sabendo tudo.

De acordo com Victor Carbajal, diretor da Best Day Travel, comece o planejamento com  uma lista de locais que você tem o sonho de conhecer.

_É bem mais fácil ter coragem de ir sozinha pela primeira vez para um local dos seus sonhos.

2 – Conectar é preciso
Carbajal, da Best Day, aconselha à viajante que opte por um hotel que tenha wi-fi gratuito.

_ É psicológico, mas saber que você vai chegar ao hotel e, se quiser, poderá falar com qualquer pessoa da sua família ou amigos, trará conforto e segurança. Mas nada de ficar grudada na internet.

3 – Estude os códigos de comportamento
Acostumada a viajar, Carolina Cassiano, executiva de comunicação e desenvolvimento institucional, ressalta que o conhecimento sobre o local vai salvar sua comunicação.

_ Identifique as diferenças culturais se estiver em outros países, abra-se para o diálogo com outros temas, o papo pode fluir melhor se observadas as diferenças culturais. Na Inglaterra, por exemplo, ninguém olha nos olhos em uma primeira conversa e nem é comum dar beijo ao cumprimentar, só a mão.

5 – Ache seus pares
Essa dica é excelente para quem vai pensando em fazer amizades. Carolina aconselha que você use seus próprios hobbies e interesses a seu favor.

_ Gosta de arte? Visite locais com exposições. Curte dançar? Ache os lugares onde as pessoas curtem a mesma música que você. Se é fã de culinária, ache um curso rápido no lugar onde está. O diálogo vai fluir mais e as amizades virão facilmente se você achar seus pares.

6 – Locomoção e segurança
Cuidado com táxis que não são oficiais dos locais, prefira a frota identificada do local. Carona? Muito cuidado com estranhos. Estude as ruas locais, pergunte no hotel onde e que horas elas são seguras para estar só, especialmente durante a noite.

7 – Perca o preconceito com a tecnologia
Baixe aplicativos de encontros e os que possibilitam alugar quartos nas casas das pessoas. Use! Apps de aluguel na casa de alguém, como Couchsurfing e Airbnb, funcionam muito bem pelo mundo.  Hospedar-se dessa forma é mais barato do que hotel e você ainda conhece pessoas.

Apps de paquera, como Tinder, também podem render amizades, diversões e até um namoro. Só, claro, marque encontros em locais públicos, como praças ou cafés.

8 – Arrisque-se e fique segura
Você pode comprar a passagem por conta e fazer suas reservas ou mesmo entrar em uma excursão. Para Cabrajal, da Best Day, para quem vai pela primeira vez só, o legal é fazer os dois juntos, ou seja, um trecho com uma excursão e outro, sozinha.

9 – Use as redes sociais ou faça um blog
Carolina lembra ainda que registrar os momentos interessantes e fotos lindas e compartilhar com os amigos pode ajudar a quem costuma se sentir solitária. Mas nada de ficar pendurada no celular! Saiba curtir aquilo que vive no momento.

10 – Não se desespere com perrengues – a tecnologia pode ajudar
Essa dica é minha, imprevistos acontecem mesmo. Já perdi cartão de crédito, passaporte, voo, cheguei no hotel e não era nada do que esperava. Pode rolar com ou sem companhia. Mas quando estamos sós, parece pesar mais. Um conselho? Não se desespere. Além dos contatos de emergência em mãos, como indicou Carolina no item 4, ela ainda recomenda que, por precaução, compre um chip de celular local, para conseguir usar internet quando não houver wi-fi por perto ou até fazer uma ligação de emergência.

Vença seus medos e coloque o pé na estrada!

Fonte: Portal R7 – Entretenimento.

Comentários