Notícias Variedades

Tóquio vai proibir cigarro no zoológico de Ueno

Zoológico de Ueno (Foto: Cortesia/Matcha)

O objetivo é evitar o fumo passivo em um local amplamente frequentado por crianças.

Uma lei antifumo que visa proibir em sua totalidade o uso de cigarro e derivados no Zoológico de Ueno, em Tóquio, já está sendo discutida por autoridades locais e poderá ser implementada ainda este ano, informou nesta segunda-feira (16) a emissora estatal ‘NHK’ citando fontes ligadas ao assunto.

Segundo as fontes, a Sociedade do Parque Zoológico de Tóquio e autoridades do governo metropolitano estão discutindo a medida. O objetivo principal é evitar o fumo passivo em um local que é amplamente frequentado por crianças.

O parque acredita que mais famílias vão visitar as instalações em Ueno por conta de um bebê panda que nasceu no local em junho passado.

A direção do zoológico já adiantou que, provavelmente, o filhote de panda gigante poderá ser visto pelo público a partir de dezembro.

O nome do bebê, Xiang Xiang, foi escolhido pelo público, através de uma votação promovida pelo zoológico e encerrada no mês passado.

O nascimento de Xiang Xiang foi motivo de manchetes em todo o planeta, isso porque é extremamente difícil a reprodução de urso panda em cativeiro, espécie que está ameaçada de extinção.

O bebê é filho de Shin Shin (mãe) e de Ri Ri (pai). O filhote anterior do casal morreu com apenas uma semana de nascido, em 2012.

Inaugurado em 1882, o Zoológico de Ueno é o mais antigo do Japão. Só 22 parques zoológicos no mundo abrigam ursos pandas fora da China.

Do Mundo-Nipo

Comentários