Notícias Variedades

Criador de ‘Samurai X’ é preso no Japão por posse de pornografia infantil

Nabuhiro Watsuki (Foto: Arquivo / Asahi)

Vídeos de meninas nuas foram encontrados em escritório e casa de Nabuhiro Watsuki em Tóquio.

O famoso mangaka Nabuhiro Watsuki, criador de mangás de sucesso, como “Rurouni Kenshin”, conhecido no Brasil como “Samurai X” e que foi adaptado para anime e produção em live-action, foi preso no Japão acusado de posse de pornografia infantil, informou nesta terça-feira a imprensa japonesa.

De acordo com o jornal ‘Yomiuri Shimbun’, autoridades japonesas encontraram DVDs com vídeos de meninas nuas, de menos de 15 anos, no escritório e na casa do artista em Tóquio.

As investigações apontam que Watsuki comprava conteúdo do tipo e assediava estudantes do ensino fundamental e médio.

Segundo o Yahoo Japan, a polícia descobriu a coleção de Watsuki enquanto investigava outro caso. No Japão, condenados por posse de pornografia infantil podem enfrentar até 1 ano de prisão e multas que chegam a 1 milhão de ienes (cerca de R$ 29 mil).

Mangá Rurouni Kenshin / Samurai X
Samurai X ou Rurouni Kenshin é uma bem sucedida série de mangá criado pelo mangaka (lê-se mangaká, artista que desenha e cria história em quadrinhos japoneses) Nobuhiro Watsuki e posteriormente adaptado em anime.

A série, ambientada nos primeiros anos da Era Meiji no Japão, conta a história de Kenshin Himura, um pacifico samurai que prometeu nunca mais matar. Entretanto, seu passado como exímio espadachim “retalhador” a serviço da Ishin Shishi fará o jovem Himura brandir novamente sua espada contra velhos e novos inimigos.

O mangá foi publicado originalmente na revista japonesa Weekly Shōnen Jump. O trabalho completo rendeu 28 volumes encadernados. No Brasil, começou a ser publicado em maio de 2001 pela Editora JBC em 56 volumes (cada um sendo metade do original tankobon), mantendo o formato de leitura japonesa.

Em 2012 foi lançado o filme em Live-action também intitulado Rurouni Kenshin, produzido pela Warner Bros. do Japão. No Brasil chamado “Samurai X- O Filme”, o mesmo título em que o anime foi lançado pelo Cartoon Network e pela Globo, no Brasil. Posteriormente, o filme ganhou continuação que foi dividida em duas partes. Isso quer dizer que a adaptação em live action resultou em uma trilogia de Samurai X e que, por sua vez, foi muito bem sucedida no Japão.

Comentários