Notícias Variedades

Pela 1ª vez, número de gatos de estimação supera o de cães no Japão

Animais mascotes de ferrovias no Japão | Foto: Kyodo

O número estimado de “pet cats” nos lares japoneses passou de 9,5 milhões em 2017.

Atualizado em 30/12/2017


O número de gatos de estimação superou o de cães pela primeira vez nos lares do Japão desde que os dados comparáveis ​​tornaram-se disponíveis no país, em 1994, refletindo, em grande parte, o rápido envelhecimento populacional da nação, de acordo com uma pesquisa realizada por um organismos da indústria “pet” no Japão.

De acordo com a pesquisa anual da Japan Pet Food Association, o número estimado de “pet cats” somou 9.526.000 neste ano de 2017, permanecendo quase inalterado em relação aos últimos anos, enquanto o número de cães de estimação totalizou 8.920.000, continuando a tendência descendente.

“O envelhecimento da população e o aumento das pessoas que vivem sozinhas podem ter contribuído para o resultado, uma vez que os cães precisam de mais atenção [cuidados], como ser levado para caminhadas”, disse um especialista da indústria à agência japonesa de notícias ‘Kyodo’.

No Brasil, uma pesquisa divulgada em fevereiro, mês em que se comemorou o “Dia Mundial do Gato” (17/2), revelou que o número de pessoas que adotam gatos é cada vez mais alto.

Realizada pelo IBGE em parceria com a Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação (Abinpet), a pesquisa mostra que os cachorros ainda são maioria (52,2 milhões atualmente), mas os felinos (22,1 milhões) vêm se multiplicando em maior proporção.

Especialistas acreditam que os gatos devem superar os cães na preferência do público brasileiro que tem bichinhos de estimação.

“Felizmente, a crendice de que o gato é traiçoeiro está perdendo espaço à medida que as pessoas passam a ter mais contato com o animal e veem que ele é dócil e carinhoso”, declarou Gerson Alves, presidente do Clube Brasileiro do Gato (CBG), com mais de 1.000 sócios, ao ‘Veja Rio’.

Do Mundo-Nipo
Fontes: Veja Rio | Kyodo News.

Comentários