Variedades

Novo romance de Haruki Murakami é publicado no Japão

Foto: Mainichi

Fãs ávidos do famoso escritor fizeram fila em uma loja de Tóquio. O lançamento aconteceu meia-noite dessa sexta-feira.

O novo romance do aclamado escritor japonês Haruki Murakami, em dois volumes e cujo conteúdo foi mantido em segredo absoluto, foi publicado no Japão nesta sexta-feira (24).

Antes do lançamento, foi apenas divulgado o título do livro em japonês (“Kishidancho Goroshi”) e inglês (“Killing Commendatore”), que em português significa “Matar o comendador”, em tradução livre.

Alguns varejistas no país começaram a vender o 14º romance de Murakami quando o relógio bateu meia-noite de sexta-feira (hora local).

Fãs ávidos do escritor de maior destaque da literatura japonesa contemporânea fizeram fila e esperaram até a meia-noite em frente uma loja de Tóquio, onde participaram de um evento para comemorar a esperada publicação.

No momento em que caiu uma cortina que escondia os livros, os clientes correram para pegá-los e se dirigiram para a caixa registradora. Alguns deles logo se mudaram para um espaço especialmente preparado, onde eles puderam mergulhar no romance durante a madrugada fria, abrigados com cobertores e bebidas quentes oferecidos pelo espaço.

“É um romance mais longo do que ‘Kafka à beira-mar’ e mais curto que ‘1Q84’, uma história muito estranha”, disse Murakami há alguns meses, durante a entrega do prêmio Hans Christian Andersen na Dinamarca.

“O autor nos informou que queria que os leitores descobrissem o livro sem saber nada. Inclusive internamente, muito pouca gente teve acesso” ao conteúdo, afirmou um porta-voz da editora Shinchosha.

O senhor Uchida, do shop oficial Takeshi Uchida, disse que “Murakami é um dos poucos autores que escrevem livros que vendem como bolinhos”.

A editora informou que foram impressos 650.000 cópias de cada um dos dois volumes do novo livro.

Murakami, de 68 anos, é considerado um dos maiores best-sellers do mundo na atualidade. Entre suas obras de destaque está a trilogia “1Q84”, cujos dois primeiros volumes foram publicados no Japão em 2009 e o terceiro no ano seguinte. Outros dois romances famosos são “Kafka à beira-mar” e “Minha querida Sputnik”, todos publicados no Brasil pela Alfaguara.

Traduzido para mais de 50 idiomas, seu sucesso é atribuído à capacidade de construir enredos fantasiosos, uma prosa ágil e mesclar referências culturais japonesas e ocidentais, misturando realidade e fantasia. Seus livros evocam mundos fantásticos onde sapos gigantes desafiam homens assalariados e cavalas caem do céu como chuva.

Suas obras venderam milhões de exemplares apenas no Japão e sempre criam entusiasmo no país, onde são imediatamente devorados e discutidos.

Prêmio Nobel da Literatura
Haruki Murakami é o escritor que mais vezes foi apontado como favorito ao Prêmio Nobel de Literatura, o que ocorre desde 2011. Contudo, ainda não conseguiu faturar o precioso prêmio, o que pode ocorrer no ano que vem. De acordo com as principais casas de apostas no mundo, o Nobel de Literatura não escapa de Murakami em 2017.

*Confira algumas obras no site oficial de Haruki Murakami.

Fontes: NHK News Japan | Jornal The Mainichi.

Comentários