Variedades

Dois melões são leiloados no Japão por mais de R$ 98 mil

Dois melões da marca Yubari atingiu o valor recorde de 3 milhões de ienes no primeiro leilão da temporada em Hokkaido.

Um caixa com dois melões da marca Yubari foi vendida pelo recorde de 3 milhões de ienes, aproximadamente US$ 27.240 ou cerca de R$ 98,4 mil, em um leilão realizado na quinta-feira (26) no mercado central da cidade de Sapporo, na ilha de Hokkaido (extremo norte do Japão), onde se encontra a cidade de Yubari e que deu seu nome a esta marca de melão, a mais prestigiada do país e também a mais cara do mundo.

Um atacadista da província de Hyogo (centro-oeste) levou o precioso lote a um preço exorbitante, que bateu o recorde de 2,5 milhões de ienes alcançado nos leilões de 2014 e 2008.

A cooperativa agrícola em Yubari informou que, nesta temporada, 540 melões produzidos em nove fazendas da cidade foram leiloados na quinta-feira.

Paixão dos japoneses por frutas
Os japoneses não costumam economizar quando se trata de comprar frutas, um presente muito apreciado no arquipélago.

Nos grandes mercados e nas lojas especializadas, estas obras de arte da natureza são expostas como se fossem joias, protegidas por vidros ou uma rede de musseline branca.

Frequentemente vendidas por unidade, as maçãs, peras, pêssegos e uvas apresentam medidas perfeitas e deixam na boca um sabor agradável.

Inclusive nos mercados comuns as frutas continuam sendo caras: uma simples maçã pode custar mais de três dólares, enquanto apenas uma uva de um cacho chega a ser vendido por 100 dólares.

Veja como foi o leilão em que os dois melões atingiram o recorde de 3 milhões de ienes:

Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários

Deixe de comentário

*