Cultura

Morre Nagisa Oshima, diretor de “O Império dos Sentidos”, aos 80 anos

Oshima foi nos anos 1960 um dos autores emblemáticos da chamada “nova onda” japonesa.

Da agência EFE

Nagisa Oshima (direita) com o ator Ryuhei Matsuda (esquerda). (Foto: Rita Molnár)

Nagisa Oshima (direita) com o ator Ryuhei Matsuda (esquerda). (Foto: Rita Molnár)

Tóquio, 15 jan (EFE).- O cineasta japonês Nagisa Oshima, diretor de filmes como “O Império dos Sentidos” e “Furyo, em Nome da Honra”, morreu aos 80 anos em um hospital de Kanagawa, ao sul de Tóquio, por causa de uma pneumonia, informou nesta terça-feira a rede de TV pública “NHK”.

Considerado um dos diretores mais ousados e também mais controvertidos do Japão, Oshima foi nos anos 1960 um dos autores emblemáticos da chamada “nova onda” japonesa, e nas décadas posteriores se tornou um dos nomes de maior projeção do cinema de seu país. EFE

 

Agência EFE – Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem a autorização prévia por escrito da Agência EFE S/A.

Comentários

Deixe de comentário

*