Cultura

Grupo com cantoras de meia idade faz sucesso no Japão

O grupo, formado por 47 obachan (mulheres de meia-idade) de Osaka, foi formado para rivalizar com o popularíssimo AKB48.

Do Mundo-Nipo

Os grupos J-pop de sucesso no Japão geralmente são formados por jovens e raramente se espera ver integrantes com idade superior a 25 anos, muito menos mulheres de meia idade integrando um grupo ‘ultra-kawai’, usando roupas de adolescentes e fazendo sucesso entre os jovens.

 

Grupo Obachaaan (Foto: Divulgação)

Grupo Obachaaan (Foto: Divulgação)

 

Entretanto, existe um grupo de Osaka chamado ‘Obachaaan’ que está prestes a mudar isso!

O grupo, formado por 47 obachan (mulheres de meia-idade) de Osaka, tem como objetivo declarado de “usar o poder de obachan para animar o mundo”.

Para que isso faça sentido, existem algumas coisas que precisam ser explicadas sobre a recepção pública de ‘Obachaaan’.

As integrantes são o oposto dos grupos atuais. A maioria possui grande estatura e robustez. Elas são altas, fortes, engraçadas e extremamente simpáticas. Adoram roupas com estampas de animais, acessórios extravagantes e sempre tem doces para distribuir.

O grupo comercializa este estereótipo em performances e canções com o objetivo de fazer as pessoas rirem. Desta forma, o grupo de ‘grandes’ mulheres de meia idade está prestes a figurar entre os grupos idols do Japão.

Em seu primeiro clip, as “Sete deusas”, que são as integrantes centrais do grupo, cantam um rap surpreendentemente competente, com um breve verso do tradicional estilo ‘enka’ no final. Algumas músicas variam de estilo, mas todas são muito boas.

A ideia de formar o grupo surgiu de quatro “produtores” da indústria de publicidade de Osaka, a partir da realização de um concurso que estava à procura de comerciais para aumentar os recursos da província.

O grande diferencial do ‘Obachaaan’ é que as integrantes permitem a aproximação do público, enquanto o acesso a grande maioria das ‘idols’ de grupo J-pop, como o popularíssimo AKB48, é praticamente impossível.

“Obachaaan vai chegar até você!” Este é um dos slogans do grupo, com suas ‘idols’ falastronas e extrovertidas, que tem prazer em interagir com o público e conversar alegremente com todos que veem, principalmente “homens jovens e especialmente bonitos”, ressaltaram as alegres senhoras integrantes do ‘Obachaaan’ em uma entrevista coletiva.

Um jornalista perguntou o motivo de o grupo ser formado por exatos 47 integrantes, e o produtor, um dos criadores do grupo, explicou que com 47 membros sentiam que estariam em uma espécie de competição com o grupo AKB48. “Nós temos apenas uma integrante a menos do que as 48 do AKB. É como se estivéssemos invadindo o mundo dos ídolos!”, disse o sorridente produtor com tom de sarcasmo.

“Outra razão é a idade avançada das integrantes, o oposto do AKB. A maioria tem dificuldades para lembrar todas as letras e coreografias nas apresentações, no entanto, são estes ‘erros’ que fazem o público achar graça e adorá-las”, destacou o produtor.

“Se o grupo irá ou não ser capaz de rivalizar com as grandes ‘idols’, ainda não se sabe, mas elas cresceram bastante e vem ocupando um grande espaço desde a criação do grupo em 2011. Todas são extremamente esforçadas. Algumas tiveram que deixar seus empregos ou diminuir a carga horária para poder participar de ensaios e apresentações”, concluiu o sorridente produtor que tenciona fazer uma turnê pelo Japão.

 

Obachaaan conselheiras (Foto: (Divulgação)

Além de cantar e dançar, o grupo oferece “serviços de aconselhamento e consultoria” em eventos – felizes por partilharem a sabedoria e experiência de vida (Foto: (Divulgação)

 

Confira o vídeo com “rap” das obachan:

 

As informações foram extraídas do site oficial e Facebook do grupo Obachaaan.

 

Para saber mais sobre Cultura, clique em mundo-nipo.com/variedades/cultura. Siga também o Mundo-Nipo no Twitter e Facebook.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários

Deixe de comentário

*