Cultura

Japonesa de 75 anos torna-se a mais velha vencedora do prêmio literário Akutagawa

A escritora Natsuko Kuroda ganhou o prêmio Akutagawa por sua obra “ab Sango”, tornando-se a vencedora mais velha da história do prêmio japonês de literatura.

Atualizado em 16/01/2013 às 17:01


Do Mundo-Nipo

Natsuko Kuroda na capa do livro ab Sango (Imagem divulgação)

Natsuko Kuroda na capa do livro “ab Sango” (Imagem divulgação)

A escritora Natsuko Kuroda, de 75 anos, ganhou o prêmio Akutagawa, nesta quarta-feira, por sua obra “ab Sango”, tornando-se a vencedora mais velha da história do prêmio japonês de literatura que tem quase 80 anos de existência.

Kuroda é nativa de Tóquio e graduada pela Universidade de Waseda, tendo já trabalhado como professora e revisora antes de conquistar o prêmio Waseda Bungaru no ano passado pela mesma obra.

Sem usar nomes individuais ou pronomes, “ab Sango” (Sangue ab) retrata as memórias de uma criança cuja vida com o pai se desfaz gradualmente.

De acordo com informações da agência Kyodo, o trabalho foi escrito horizontalmente em vez de verticalmente, como é a escrita japonesa convencional.

O prêmio Akutagawa, concedido a escritores, é apresentado semestralmente. A premiação oficial acontecerá em uma cerimônia em Tóquio, em meados de fevereiro, onde Kuroda receberá um milhão de ienes como prêmio.

 

Para ler mais notícias sobre Cultura, clique em mundo-nipo.com/variedades/cultura. Siga também o Mundo-Nipo no Twitter e Facebook.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários

Deixe de comentário

*