Cultura

Mangá ‘Shingeki no Kyojin’ é fenômeno de vendas no Japão; veja o ranking

O vulume 14 de Shingeki no Kyojin vendeu mais de 1,340 milhões de cópias em menos de duas semanas.

Do Mundo-Nipo

A Oricon, grupo que provê estatísticas e informação sobre a indústria de entretenimento do Japão, divulgou a lista dos mangás mais vendidos durante a semana passada no mercado japonês, na qual o fenômeno Shingeki no Kyojin segue na liderança pela segunda semana consecutiva, somando mais de 1,340 milhões de cópias vendidas de seu volume 14, lançado a menos de duas semanas.

 

Detalhe da capa do volume 14 de Shingeki no Kyojin (Foto: Divulgação)

Detalhe da capa do volume 14 de Shingeki no Kyojin (Foto: Divulgação)

 

A lista a seguir compreende as vendas de segunda-feira (11) a domingo (17), bem como as vendas acumuladas (entre parênteses).

1. Shingeki no Kyojin (vol.14): 487,481 (1,340,238)

2. Gin no Saji (vol.12): 127,695 (127,695)

3. Naruto (vol.70): 125,648 (744,891)

4. Haikyuu!! (vol.12): 108,965 (552,423)

5. P to JK (vol.5): 104,905 (104,905)

6. Shingeki no Kyojin: Kuinaki Sentaku (vol.2): 84,165 (189,363)

7. Shingeki no Kyojin: Kuinaki Sentaku (vol.2) Special Edition: 74,342 (188,275)

8. Nanatsu no Taizai (vol.10): 68,169 (68,169)

9. Yowamushi Pedal (vol.35): 67,296 (155,565)

10. Yume no Shizuku Kin no Torikago (vol.5): 66,411 (124,952)

11. Hiyokoi (vol.13): 61,623 (61,623)

12. Nisekoi (vol.13): 60,960 (308,736)

13. To LOVE-ru Darkness (vol.11): 58,437 (270,860)

14. Shingeki no Kyojin (vol.14) Limited Edition: 51,402 (209,744)

15. Kangoku Gakuen (vol.14): 50,258 (153,377)

16. Shingeki no Kyojin: Before the Fall (vol.3): 46,760 (108,757)

17. New Prince of Tennis (vol.13): 44,622 (196,590)

18. Koe no Katachi (vol.5): 42,099 (42,099)

19. Liar x Liar (vol.6): 42,008 (42,008)

20. Baki-Dou (vol.2): 37,511 (78,010)

Fonte: Oricon.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários