Cultura

Os 10 mangás e light novels mais vendidos da semana no Japão

O volume 16 de Shingeki no Kyojin vendeu mais de 352 mil cópias em menos de uma semana de lançado.

Do Mundo-Nipo

A Oricon, grupo que provê estatísticas e informações sobre a indústria de entretenimento do Japão, divulgou nesta quarta-feira (22) a lista das categorias mangás e light novels mais vendidos durante a semana passada no mercado japonês.

As listas compreendem as vendas de segunda-feira (13) até domingo (19). Quando o volume do exemplar não for lançamento, haverá vendas acumulas, que estarão entre parênteses logo após o número das vendas na semana.

Veja abaixo as listas dos mais vendidos (“EL” significa edição limitada):

Shingeki no Kyojin vol.16 (Imagem: Divulgação)

Shingeki no Kyojin vol.16

Mangás
01. Shingeki no Kyojin Vol.16: 352.615 (1.221.309)
02. Nanatsu no Taizai Vol.14: 298.487
03. Detective Conan Vol.86: 270.326
04. Chihayafuru Vol.27: 243.157 (246.302)
05. Magi: The Labyrinth of Magic Vol.25: 204.352
06. One Piece Vol.77: 199.227 (2.497.878)
07. Kingdom Vol.38: 156.119
08. Suki tte Ii na yo. Vol.14: 137.687 (138.288)
09. Magi: Sinbad no Bouken Vol.6: 96.138
10. Noragami Vol.13: 89.423

Light Novels
01. Dungeon ni Deai wo Motomeru no wa Machigatteiru Darou ka Vol.7: 50.693
02. Kagerou Daze Vol.6: 19.833 (183.472)
03. Death March kara Hajimaru Isekai Kyousoukyoku Vol.4: 13.772
04. Dungeon ni Deai wo Motomeru no wa Machigatteiru Darou ka Vol.1: 13.441 (114.233)
05. Dungeon ni Deai wo Motomeru no wa Machigatteiru Darou ka Vol.2: 12.008 (94.146)
06. Dungeon ni Deai wo Motomeru no wa Machigatteiru Darou ka Vol.7 (EL): 11.413
07. Dungeon ni Deai wo Motomeru no wa Machigatteiru Darou ka Vol.3: 11.017 (77.771)
08. Amagi Brilliant Park Vol.6: 10.904
09. Naruto Hiden Vol.3: 10.227 (72.750)
10. Dungeon ni Deai wo Motomeru no wa Machigatteiru Darou ka Vol.4: 10.199 (74.657)

Fonte: Oricon.

*Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários