Curiosidades

Mais de 47% dos homens no Japão não gostam de ser chamados de “kawaii”

Alguns japoneses acham que a palavra tem uma conotação feminina, dando a impressão que ser “kawaii” diminui a virilidade. Confira os resultados da pesquisa.

Do Mundo-Nipo

Uma pesquisa do site My Navi Woman revelou que quase a metade dos homens no Japão não gosta que as mulheres o chamem de “kawaii”, palavra cuja conotação pode referir-se a pessoa fofa ou muito bonita.

 

Boy Kawaii (Imagem: Reprodução/Edição MN)

Os japoneses acham que a palavra tem uma conotação feminina (Imagem: Reprodução/Edição MN)

 

Os resultados da enquate, intitulada “Como se sentiria se uma mulher falasse que você é kawaii?”, foi divulgado no meio desta semana, na qual participaram 1.114 homens com idades entre 22 e 39 anos. Destes, 52,6% disseram que ficariam felizes em ser chamados de “kawaii”, enquanto cerca de 47,4% não gostariam de ouvir que é fofo ou bonito.

Isso porque, para eles, a palavra tem uma conotação feminina, dando a impressão que ser “kawaii” diminui a virilidade ou passa uma imagem de homem frágil.

Confira abaixo as explicações de alguns dos entrevistados:

“É como se ela não me enxergasse como um homem”.

“Eu me sinto como se estivesse tirando sarro de mim”.

“É melhor ser legal do que bonito”.

“Como um homem, eu me sinto mais feliz quando ouço que sou divertido, mas não bonito.”

Por outro lado, a maioria dos entrevistados veem as coisas com mais naturalidade. ”Fico feliz quando uma mulher mostra qualquer interesse em mim”, diz um deles. Outro, com praticidade, diz: “Bem, é melhor que digam para você que é “kawaii” do que ao contrário”.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários

Deixe de comentário

*