Trabalhadores em fábrica da Panasonic em Kobe | Foto: EPA

Reprodução/EPA