Casa em Takachiho, sul do Japão, onde seis pessoas foram assassinadas | Kyodo

Reprodução/Kyodo