Economia Notícias

Produção industrial do Japão fica estável em novembro após série de 5 altas

©Kiyoshiphoto

A produção japonesa foi afetada pela queda na demanda por automóveis no exterior, sobretudo nos embarques para os EUA e Austrália.

O crescimento da produção industrial do Japão estagnou em novembro após subir por cinco meses consecutivos, informou nesta segunda-feira (28) o governo do país, ressaltando a natureza frágil da recuperação econômica global devido ao recente ressurgimento de infecções por Covid-19, de acordo com a agência Reuters.

A terceira maior economia do mundo se recuperou fortemente no terceiro trimestre de sua pior contração do pós-guerra, mas as medidas de bloqueio em algumas das principais economias em resposta a uma nova onda de infecções por coronavírus ameaçam prejudicar a demanda.

Dados preliminares divulgados hoje pelo Ministério da Economia, Comércio e Indústria do Japão (METI) mostraram que a produção das fábricas ficou estável em novembro em relação ao mês anterior, já que a queda na produção de carros e produtos plásticos foi compensada pela força das fábricas de máquinas em geral durante o mês passado.

A leitura foi muito mais lenta do que o ganho de 4,0% no mês anterior, e abaixo da alta mediana de 1,2% prevista por economistas consultados pela agência Reuters.

“O ritmo de recuperação está diminuindo um pouco mais do que o esperado”, disse Takumi Tsunoda, economista sênior do Shinkin Central Bank Research Institute.

Tsunoda ainda esperava que a tendência positiva na produção continuasse em grande parte por causa da força subjacente nas exportações do Japão, que estão fortemente focadas na Ásia.

“A demanda por produtos de alta tecnologia e relacionados a TI está se expandindo atualmente, então acho que isso fornecerá suporte”, disse ele.

Os fabricantes consultados pelo Ministério esperam retração de 1,1% na produção em dezembro e uma recuperação acentuada de 7,1% em janeiro.

O Ministério manteve sua avaliação da produção industrial inalterada, dizendo que “está melhorando”.

Recuperação afetada pela pandemia

A produção das fábricas está se recuperando de uma queda induzida pela pandemia no início deste ano, ajudada principalmente pela sólida demanda global por automóveis. Contudo, “a produção de carros em novembro sofreu com a queda nos embarques para os Estados Unidos e Austrália”, disse um funcionário do governo.

Alguns analistas temem que o ressurgimento de casos de coronavírus em todo o mundo, especialmente na Europa e nos Estados Unidos, possam impedir que a demanda por produtos manufaturados do Japão cresça ainda mais, à medida que as atividades corporativas e de consumo pioram.

Dados separados divulgados na sexta-feira mostraram que os preços ao consumidor de Tóquio em dezembro caíram no ritmo mais rápido desde setembro de 2010, enquanto as vendas no varejo em todo o país desaceleraram em novembro.

Veja a tabela com os dados completos no site do METI.

Mundo-Nipo (MN)
Fontes: Agência Reuters | METI.