Espacial

Astronauta japonês vai partir em missão espacial nesta semana

Koichi Wakata partirá a bordo do foguete Soyuz, que já se encontra posicionado para o lançamento na quinta-feira.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Do Mundo-Nipo

O astronauta japonês Koichi Wakata está se preparando para fazer sua quarta viagem ao espaço a bordo de um foguete russo nesta semana.

 

Foguete Soyuz TMA-11M no cosmódromo de Baikonur (Foto: Bill Ingalls/Nasa)

Momento em que o Foguete Soyuz TMA-11M estava sendo posicionado na base de lançamento de Baikonur (Foto: Bill Ingalls/Nasa)

 

O foguete Soyuz TMA-11M, de 50 metros de comprimento, foi posicionado na base de lançamento na terça-feira (5), e está passando por inspeções finais para ser lançado do cosmódromo de Baikonur, no Cazaquistão, na quinta-feira, e deverá atracar com a Estação Espacial Internacional (ISS) cerca de 6 horas após a decolagem.

A espaçonave recebeu adesivos com o logotipo do comitê organizador das Olimpíadas de Inverno de Sochi, na Rússia, que vão acontecer em fevereiro de 2014. O Soyuz também vai enviar até a Estação Espacial Internacional (ISS) a tocha dos jogos olímpicos, um feito inédito na história das Olimpíadas.

Além do japonês Koichi Wakata, seguirão da Terra a bordo do Soyuz para a ISS o russo Mikhail Tyurin e o norte-americano Rick Mastracchio. Ao chegarem a estação, eles deverão entregar a tocha para os cosmonautas russos Oleg Kotov e Sergey Ryazanskiy, que já estão na estação desde setembro. Os dois serão responsáveis por caminharem com a tocha do lado de fora da ISS.

Koichi Wakata durante entrevista coletiva em Baikonur (Imagem: Reprodução/NHK)

Koichi Wakata durante entrevista coletiva em Baikonur, nesta quarta-feira (Imagem: Reprodução/NHK)

Nesta quarta-feira (6), Wakata, Tyurin e Mastracchio participaram de uma coletiva de imprensa em um hotel perto da base de Baikonur

Wakata disse que, como comandante da estação, vai ajudar os membros da tripulação a cumprir a missão como uma equipe.

Para proteger a tripulação de doenças infecciosas, a entrevista coletiva foi realizada em uma sala onde uma parede de vidro separava astronautas de jornalistas.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta